2,5 mil pessoas foram retiradas das praias de Belém no final de semana

Guarda Municipal segue fazendo rondas e volta a alertar: as praias de Belém, região das ilhas e distritos não estão liberadas

Em dois dias, sábado (4) e domingo (5), a Guarda Municipal de Belém retirou mais de 2,5 mil pessoas das praias de Mosqueiro, Cotijuba e Outeiro. A corporação volta a alertar que, ainda no contexto da pandemia de covid-19 — doença causada pelo coronavírus sars-cov-2 —, os balneários da capital não estão liberados. Os restaurantes, apenas de Mosqueiro,podem funcionar, sob condições específicas, com 40% da capacidade. Em meio a quem insiste em burlar as recomendações de distanciamento social temporário, muita gente, apontam os guardas, estava sem máscara.

Somente na ilha de Mosqueiro, por conta de uma decisão judicial liminar — não definitiva porque cabe recurso —, os restaurantes localizados à beira das praias foram liberados para o funcionamento de 40% do espaço. Mas as praias e bares continuam proibidos, pois não estão inclusos nessa decisão. A GMB atuou no Pórtico de entrada do distrito, com orientação, fiscalização, abordagens e rondas com policiamento nos bairros e praias.

Além da retirada de pessoas das praias, a GMB entregou 300 máscaras para quem não tinha; duas partidas de futebol foram interrompidas; bebidas alcoólicas foram encontradas com menores de idade, que foram encaminhados ao conselho tutelar; e dois rolos de linhas chilenas foram encontrados durante revistas pessoais, em um ônibus, durante a fiscalização no Pórtico.

Na ilha de Cotijuba, os motopatrulheiros do Ronda da Capital (Rondac) retiraram, neste final de semana, 534 pessoas da praia Vai Quem Quer, sendo 28 pessoas no sábado e 506 no domingo. Além disso, 100 máscaras distribuídas, e dois bares fechados por descumprimento do decreto municipal que não liberou esses estabelecimentos (com exceção de Mosqueiro).


Em Outeiro, foram retiradas das praias Grande e do Amor 480 pessoas nos dois dias. Já em Icoaraci, durante o fim de semana, 63 máscaras foram distribuídas e 26 pessoas retiradas das praias do Cruzeiro e do Sabão. A GMB vai continuar com as ações de segurança por conta da operação verão, que segue até o dia 31 de julho.

 

 

Fonte: Liberal

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: