Água Azul do Norte realiza atendimento oftalmológico gratuito para a população

Secretária de Assistência Social de Água Azul do Norte e, primeira dama, Simary Marinho acompanha atendimento oftalmológico gratuito no município - Foto: Fato Regional

Você sabia que a visão é um dos sentidos mais essenciais para a maioria dos seres vivos? O olho é um órgão complexo e, com alto grau de desenvolvimento, fundamental para que nós, seres vivo, possamos perceber tudo o que está à nossa volta. As células com maior metabolismo de todo o nosso organismo estão justamente no sistema ocular.

Infelizmente no Brasil, ainda negligenciamos muito a nossa saúde ocular. Somos um país com mais de 1,2 milhão de deficientes visuais, ou seja, pessoas cegas ou com visão reduzida. Sem dúvida esses dados impressionam e o mais chocante é que 80% destes casos poderiam ser evitados e/ou tratados.

 

Pensando nisso é que a Prefeitura Municipal de Água Azul do Norte, região sudeste do Pará, através da Secretaria de Assistência Social do município, trouxe para a localidade o Projeto “Semana de Saúde Visual”, do Hospital HRL. “É um projeto que estamos realizando em parceria com a administração pública em geral e, principalmente, com a área da saúde que, através do nosso senador Zequinha Marinho, finalmente conseguimos trazer para Água Azul do Norte e, de forma gratuita, ajudar aqueles que mais precisam”, informou a secretária de assistência social e primeira dama, Simary Marinho.

Ao todo já foram atendidos mais de 600 pessoas e, a estimativa é de que sejam atendidos pelo menos mil pessoas durante a realização do projeto na localidade. “Aqui, o nosso maior público é o idoso. Eles realizam o cadastro, participam de palestram e realizam procedimentos iniciais e de suma importância como a verificação da glicose, como está sua diabetes, pois tudo isso interfere na saúde da visão de todos nós. Somente após esse processo de triagem é que eles passaram para os procedimentos mais avançados”, ressalta a primeira dama.

Tecnólogo ocular, Leonardo Silva fala sobre o projeto e a importância do mesmo para com o trato da nossa visão – Foto: Fato Regional

 

Diabetes – Temos diversas estatísticas atestando o aumento de diabetes, que tem como uma de suas consequências o desenvolvimento de outra doença que ataca a nossa visão: a retinopatia diabética (RD), cuja evolução leva à cegueira. “Esta primeira etapa do projeto é muito importante, pois, é através dela que estaremos orientando, explicando e, detalhando aos pacientes, sobre diversas doenças que afetam nossa visão e, a importância de saber se eles possuem histórico de pessoas com diabetes na família, se eles são diabéticos, para que a segunda etapa do projeto, possa ser conduzida de maneira direcional, já identificando qual os possíveis problemas”, explica o doutor Leonardo Silva, tecnólogo ocular do Hospital HRL.

O Hospital HRL tem sede em Belém, capital do estado e, durante um certo período do mês, uma equipe estará em uma determinada localidade do Estado, realizando o projeto “Semana de Saúde Visual” e, Água Azul do Norte foi o primeiro município a receber o mesmo. “Esta primeira etapa do projeto o qual, estaremos realizando palestras sobre a importância da prevenção ocular, estaremos preparando prontuários e, na segunda semana, faremos exames para verificar a pressão ocular, exames para verificar a possibilidade de glaucoma, entre outros mais expressivos e, até mesmo procedimentos cirúrgicos, caso necessário”, comenta o especialista.

Primeira dama, Simary Marinho ao lado dos senhores, Lormino Pereira e Antônio Conceição – Foto: Fato Regional

Os exames são gratuitos e, atendem qualquer pessoa a partir dos 6 anos de idade, exceto gestantes. “Estamos muito felizes de poder realizar exames tão importantes como este e, de graça. Só temos a agradecer ao nosso prefeito, a nossa primeira dama por esta iniciativa”, comenta o senhor Lormino Pereira dos Santos, 71 anos.

Os exames realizados são:

  • Retinografia (fundo de olho);
  • Tonometria (pressão ocular);
  • Refração computadorizada;
  • Greens e acuidade visual;
  • Doação de colírios;
  • Cirurgias.

“Moro há mais de 40 anos neste município e, para nós que não temos condições de arcar com custos para realizar exames como esses, receber este benefício assim, de graça, é até emocionante. Só temos a agradecer os nossos gestores municipais, nossa primeira dama, por estarem olhando pelo nosso bem estar, pela nossa saúde”, comenta o senhor Antônio da Conceição Pereira, 68 anos.

Os exames estão sendo realizados no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (antigo Ensino Médio), localizado na Avenida Palmópolis, S/N, Centro, no horário das 8h às 17h, até a próxima sexta-feira (15). Para realizar os procedimentos é necessário a apresentação do documento de identificação com foto (RG) e o cartão do SUS.

 

 

 


Da Redação Fato Regional
Fotos: Fato Regional

Compartilhar essa matéria

fechar