Aluno cai de cavalo e é arrastado até a morte a caminho da escola em Cumaru do Norte

O trágico acidente ocorreu na Colônia 490, região da Serra Azul. De acordo com a família da vítima, Fernando Lima caiu do cavalo e suas mãos ficaram presas a uma corda, amarrada à sela do animal.
Foto: Reprodução/Blog Luiz Pereira.

O menino, Fernando Salomão de Lima, 9 anos, repetindo a rotina de todos os dias, saiu de sua casa montado em um cavalo para ir para a escola, localizada a cerca de 5 km de sua residência, na última sexta-feira (27), por volta de 11h30, na zona rural de Cumaru do Norte, mas caiu do animal e foi arrastado até morrer.

O trágico acidente ocorreu na Colônia 490, região da Serra Azul. De acordo com a família da vítima, Fernando Lima caiu do cavalo e suas mãos ficaram presas a uma corda, amarrada à sela do animal. O cavalo se assustou, correu de maneira desenfreada, arrastou a criança por um pedral, passou por um igarapé e por pedaços de pau jogados na estrada vicinal.

Ao avistarem o animal em disparada, os colonos perceberam que o cavalo estava arrastando algo e viram que era Fernando Lima já sem vida. O animal só parou quando o corpo do garoto enganchou em um galho de árvore. O cadáver ficou totalmente mutilado. Ao logo do caminho foram encontrados o calçado e a mochila de material escolar da criança.

A morte dolorosa de Fernando Lima causou muita comoção e indignação porque os moradores da região já vinham, há muito tempo, pedindo ao prefeito de Cumaru do Norte, Célio Marcos (MDB), conhecido como “Nego”, a implantação de uma linha de transporte escolar para a região Colônia 490.


Segundo os pais de alunos, as crianças da região da Serra Azul vão para a escola a pé, utilizando moto ou a cavalo e os acidentes acontecem constantemente com os estudantes. A morte precoce de Fernando Lima chocou a população de Cumaru do Norte.

 

 

 

 

Com informações do Portal Debate, com A Notícia

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar