Após ser mantida por 13 anos em cárcere privado, mulher é resgatada pela Polícia em São Miguel do Guamá

Os acusados devem responder pelos crimes de cárcere privado e posse irregular de arma de fogo
O caso está sendo investigado pela polícia de São Miguel do Guamá. Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (3), a Polícia Civil e Militar do município de São Miguel do Guamá, nordeste paraense, prendeu dois homens acusados de manterem uma mulher cárcere privado há 13 anos. Segundo a denúncia, ela também era abusada sexualmente.

A prisão ocorreu na agrovila São Pedro do Crauateua. A vítima era abusada por dois homens, identificados como seus tios. Ela teve 3 filhos, um morreu no ventre da mãe.


Segundo a Polícia Civil, a vítima foi encontrada em um cômodo da casa. No local foi encontrado uma espingarda. Os acusados foram presos e levados para a Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) de São Miguel do Guamá para os procedimentos cabíveis.

(Da Redação Fato Regional, com informações de Esmael Teixeira)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: