Cadeia de Parauapebas será entregue em março, mas sem prazo para receber presos

A nova cadeia pública do município de Parauapebas, sudeste paraense, tem data prevista para entrega em março deste ano, porém, ainda não há previsão de quando a mesma poderá receber detentos. Segundo informações do conselho da comunidade do município, falta o governo do estado elaborar uma política de recepção dos novos presos. Iniciada em 2013, a obra foi orçada em mais de RS 8 milhões.

Durante uma visita técnica realizada nesta quinta-feira (17), integrantes do conselho elaboraram um relatório sobre a obra para cobrar um posicionamento do governo do estado.

O prazo para entrega das obras foi estipulado em 2018, após a contratação de uma nova empreiteira. A construção da nova penitenciária começou em 2013 com previsão de término em 2015. Porém, a empresa responsável abandonou o projeto alegando falta de repasse de dinheiro pelo governo do estado.

Com capacidade para receber mais de 300 detentos, a penitenciária deve ser uma alternativa para a superlotação de presos no município. Atualmente 91 detentos dividem celas da carceragem da Polícia Civil que funciona no centro de Parauapebas há mais de 30 anos.


Por conta da superlotação, fugas tem sido recorrentes. Na última segunda-feira (14) policiais militares descobriram um plano de fuga na carceragem. Durante a revista, os policiais encontraram a tentativa de fazer um buraco na parede da cela. Os detentos tinham tirado do reboco da parede, faltando perfurar os tijolos.

 

Da Redação Fato Regional, com informações do G1 Pará

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar