Câmara de Ourilândia vota Lei Orçamentária para exercício 2019

Durante uma sessão realizada na manhã desta sexta-feira (14), na Câmara Municipal de Ourilândia do norte, sul do Pará, vereadores discutiram a Lei Orçamentária Anual (LOA), para o exercício de 2019.

Com unanimidade, os vereadores aprovaram o repasse de pouco mais de R$ 124 milhões de reais para o município trabalhar no ano que vem.

Vereador Denis Alves (DEM), durante sessão na câmara de Ourilândia – Foto: Fato Regional

“Sempre procuramos ser parceiros do executivo, esperamos que o prefeito continue com o brilhante trabalhando que vem exercendo para toda a Ourilândia. Não é a toa que hoje, o município é um verdadeiro canteiro de obras, tudo pensando na melhoria da nossa cidade e do nosso povo”, ressalta o vereador do DEM, Denis Alves, presidente da Câmara.

A Lei de Orçamento Anual estima as receitas e fixa as despesa do governo, a lei estabelece o detalhamento e a aplicação dos recursos do município em obras e ações para o exercício seguinte. Ela é elaborada com base nas diretrizes anteriormente apontadas pelo Plano Plurianual (PPA) e pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), ambos definidos pelo executivo, a partir de discussões com a comunidade.


A LOA é de extrema relevância para a cidade, pois, é através dela que é possível verificar as áreas e frentes que terão mais e menos recursos para serem aplicados, ou seja é nesse momento que a sociedade que é representada pelos vereadores.

Da Redação Fato Regional

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar