Caminhão tomba e destrói ponte da BR-230, entre Medicilândia e Uruará

A ponte localizada no quilômetro 94, da rodovia BR-230, Transamazônica, está interditada, no trecho que compreende os municípios de Medicilândia e Uruará.

No início da manhã desta quinta-feira (24), um caminhão tombou e danificou a estrutura da ponte, indo parar no rio. O motorista do veículo está bem. Já o trânsito, segue sem previsão de liberação.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já está sendo deslocando o maquinário necessário para fazer os reparos na ponte. A Polícia Rodoviária Federal também se deslocou até o local.

Já há longas filas de veículos, dos dois lados da via. Para quem conhece e trafega diariamente na região, era um problema anunciado. De acordo com relatos de motoristas na página do Facebook Xingu 230, o tráfego de veículos pesados piorava a situação a cada dia. Quando o DNIT era acionado, só realizava reparos paliativos. A ponte era de madeira, mas já estava com remendos com madeira de baixa qualidade.


“Essas pontes têm mais de cinco décadas. Quantas e quantas enchentes já teve o rio? Isso vai apodrecendo os pilares. Toda vez que equipes de conserto vêm, só trocam as pranchas e laterais. Milhões que o DNIT recebe nas recuperações de pontes e rodovias e todo ano e a mesma calamidade. Falta de empenho do nosso governo do Estado do Pará. Ônibus escolares, de passageiros, motocicletas, agricultores, etc., todos passam nessas vergonhosas pontes arriscando suas vidas”, reclamou Rosilene Cabral de Azevedo, através das redes sociais.

 

Da Redação Fato Regional, com informações de OLIBERAL.COM

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar