Chamada Instituto Cultural Vale 2022: produtores culturais de todo o Brasil podem se inscrever até 30 de junho

Foto: Divulgação Vale

As inscrições para a Chamada Instituto Cultural Vale 2022 estão abertas até o dia 30 de junho. Serão destinados R$ 25 milhões em recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura para projetos culturais em todo o território nacional. Podem se inscrever projetos das áreas de Museus e Centros Culturais, Patrimônio Material e Imaterial, Música, Dança, Festividades e Circulação vindos de todo o Brasil.

Para participar, é preciso ser pessoa jurídica, com ou sem fins lucrativos, com sede no território nacional, e que possa comprovar atuação na área cultural há pelo menos um ano. Para a inscrição é necessário também que os projetos tenham número de Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac) ativo ou tenham proposta completa submetida à Secretaria Especial da Cultura.

As inscrições podem ser feitas no site institutoculturalvale.org, onde também está disponível todo o regulamento. A seleção dos projetos será feita por uma comissão de especialistas externos, profissionais que são referência nas áreas do edital, e do Instituto Cultural Vale. Para o patrocínio, os projetos devem ter a aprovação para captação de recursos, no artigo 18 da Lei nº 8.313/91.

Realizados com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura (artigo 18), os aportes dos patrocínios selecionados na Chamada Instituto Cultural Vale 2022 serão realizados ainda em 2022. Os recursos serão divididos entre projetos de duas faixas de valor – até 900 mil e até R$ 1,5 milhões – que deverão ser executados ao longo de 2023.

Desde a sua criação, em 2020, o Instituto Cultural Vale já patrocinou mais de 500 projetos culturais em mais de 24 estados brasileiros e no Distrito Federal, com recursos incentivados e próprios, que somam mais de R$ 677 milhões. Destes, 132 projetos foram selecionados através de duas “chamadas culturais” públicas. Vindos de diferentes regiões do Brasil, eles receberam investimento de R$ 50 milhões em recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

“A nossa chamada cultural vem se consolidando como uma tradição: esta é a terceira edição do nosso edital público, que beneficiou mais de 130 projetos em 2020, quando o Instituto foi lançado, e em 2021. Nosso objetivo é continuar contribuindo para a democratização do acesso à produção cultural brasileira, movimentar a economia criativa em todo o território nacional e criar oportunidades para projetos que todo mundo precisa conhecer”, afirma Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale.


Pará
No Pará, três projetos foram selecionados na Chamada Instituto Cultural Vale 2021: 5º Sonido – Música Instrumental e Experimental, Bienal das Amazônias (Itinerância) e Festival Cinema (Amazônia DOC 6ª Edição – Festival Pan-Amazônico de Cinema 2020).
O Instituto Cultural Vale patrocina mais de 25 projetos no Pará que somam mais de R$ 34,9 milhões de recursos destinados via Lei Federal de Incentivo à Cultura por meio do incentivo fiscal para projeto com execução em 2022.
O Instituto Cultural Vale também patrocina, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, o Vale Música Belém. Desenvolvido pela Fundação Amazônica de Música (FAM) desde 2004, a iniciativa vem transformando a vida de alunos do ensino público do Pará, formando músicos profissionais que atuam no Brasil e no Exterior.

 

 

Com informações da Vale

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar