Comitiva paraense viaja ao Paraná para avaliar acidente na BR 376; 15 corpos já foram identificados

Ao todo, 19 pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas
Crédito: Reprodução/Grupo BR 277

Na terça-feira, 26, uma comitiva composta por um médico, um perito, um bombeiro, um delegado de Polícia Civil e um major da Polícia Militar viajam de Belém para Curitiba, no Paraná, onde devem chegar no início da tarde para ajudar a Secretaria da Segurança Pública do Paraná no trabalho de elucidação do acidente com ônibus de turismo que saiu de Ananindeua, região metropolitana de Belém, com destino a Santa Catarina (PR).

O veículo saiu da pista e atingiu uma mureta de contensão, onde tombou e caiu em um barranco na BR 376, no km 668, em Guaratuba, litoral do Paraná. Na ocasião, 19 pessoas morreram e 31 ficaram feridas.

“A nossa secretaria de segurança está trabalhando com a secretaria de segurança do Pará para que a solução deste caso se dê o mais breve possível, nosso esforço está sendo total para diminuir o sofrimento destas famílias neste momento de dor, gerada por esta grande tragédia”, explica o secretário paranaense, Romulo Marinho Soares.

O proprietário da empresa de turismo responsável pelo ônibus também está seguindo viagem para Curitiba, onde fará as tratativas com a seguradora, a fim de providenciar o translado dos corpos. O Governo do Estado do Pará também informou mais cedo que será fretada uma aeronave para trazer os corpos ao Pará.

Identificação dos corpos

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba todas as 19 necropsias já foram realizadas. Do total de corpos, dez são do sexo masculino e nove feminino (três menores de 18 anos). “De todos, até o momento, quinze já foram identificados, todos por papiloscopia e, por respeito às famílias das vítimas, a Polícia Científica do Paraná vai fornecer a identidade dos óbitos aos familiares e ao Governo do Pará. Conforme o protocolo de DVI, estamos entrando em contato com as famílias e alguns até já fizeram o reconhecimento de seus entes”, explica a Dra. Viviane.

Vítimas de Marapanim


Na noite desta segunda-feira, 25, o corpo das paraenses, Juliane Botelho Garcia e Gabriely Pinto Favacho, moradoras do município de Marapanim, estão entre as 19 vítimas do acidente ocorrido com um ônibus de turismo, na manhã de hoje, no Paraná.

 

Com informações da Secretaria de Segurança Pública do Paraná

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: