Compositor de hit ‘Ilariê’ afirma que não existe pacto de Xuxa com o diabo na música

Foto: Reprodução/Instagram

Cid Guerreiro, compositor de “Ilariê”, um dos maiores sucessos da cantora e apresentadora Xuxa, contou que a música não tem relacionamento algum com uma possível conexão com o diabo e isso não passou de “pura invenção do público”.


“O boato surgiu dentro da Igreja Evangélica. Falavam que era um ex-bruxo que virou pastor e espalhava que Ilariê tinha a ver com ‘erê’, as crianças do candomblé, que a Igreja considera como pequenos demônios”. “Inventaram que era uma palavra de um dialeto africano, sendo que fui eu que inventei. Esse cara dizia que eu fiz o pacto e entreguei a música para a Xuxa. Ela era o alvo”, afirmou.

O hit de sucesso da rainha dos baixinhos foi lançada na década de 1980 e fez com que a carreira da artista explodisse. Mas, em meio ao sucesso, também foi criado o boato de que a música havia sido feita com um pacto com o diabo. Isso porque, de acordo com algumas pessoas, se colocar a música de trás para frente transmite uma mensagem subliminar sobre coisa ruim.

Com informações do TV Foco
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar