Confiram algumas notícias que circulam nas redes nestas eleições que são verdadeiras

a manhã de domingo (07) começaram a surgir várias imagens de boletins de urna com os números de votos para presidente em países da Oceania e da Ásia, onde a votação já havia sido encerrada devido à diferença de fuso horário. As imagens trazem votações de cidades como Sidney e Melbourne, na Austrália; Auckland, Nova Zelândia ; e Pequim, na China.

É praxe que após o fim da votação o mesário fixe em local visível um boletim com os números. Cada boletim acompanha, ao fim, um código QR com o qual qualquer cidadão pode conferir os resultados apurados nas urnas com o aplicativo “Boletim na Mão”, instalado no seu smartphone. Alguns dos boletins que viralizaram nas redes sociais exibem também o código, e o Comprova pôde verificar a veracidade dos documentos das zonas de Taipé (Taiwan), Sydney (Austrália) e Xangai (China).

a manhã de domingo (07) começaram a surgir várias imagens de boletins de urna com os números de votos para presidente em países da Oceania e da Ásia, onde a votação já havia sido encerrada devido à diferença de fuso horário. As imagens trazem votações de cidades como Sidney e Melbourne, na Austrália; Auckland, Nova Zelândia ; e Pequim, na China.

É praxe que após o fim da votação o mesário fixe em local visível um boletim com os números. Cada boletim acompanha, ao fim, um código QR com o qual qualquer cidadão pode conferir os resultados apurados nas urnas com o aplicativo “Boletim na Mão”, instalado no seu smartphone. Alguns dos boletins que viralizaram nas redes sociais exibem também o código, e o Comprova pôde verificar a veracidade dos documentos das zonas de Taipé (Taiwan), Sydney (Austrália) e Xangai (China).

a manhã de domingo (07) começaram a surgir várias imagens de boletins de urna com os números de votos para presidente em países da Oceania e da Ásia, onde a votação já havia sido encerrada devido à diferença de fuso horário. As imagens trazem votações de cidades como Sidney e Melbourne, na Austrália; Auckland, Nova Zelândia ; e Pequim, na China.

É praxe que após o fim da votação o mesário fixe em local visível um boletim com os números. Cada boletim acompanha, ao fim, um código QR com o qual qualquer cidadão pode conferir os resultados apurados nas urnas com o aplicativo “Boletim na Mão”, instalado no seu smartphone. Alguns dos boletins que viralizaram nas redes sociais exibem também o código, e o Comprova pôde verificar a veracidade dos documentos das zonas de Taipé (Taiwan), Sydney (Austrália) e Xangai (China).


a manhã de domingo (07) começaram a surgir várias imagens de boletins de urna com os números de votos para presidente em países da Oceania e da Ásia, onde a votação já havia sido encerrada devido à diferença de fuso horário. As imagens trazem votações de cidades como Sidney e Melbourne, na Austrália; Auckland, Nova Zelândia ; e Pequim, na China.

É praxe que após o fim da votação o mesário fixe em local visível um boletim com os números. Cada boletim acompanha, ao fim, um código QR com o qual qualquer cidadão pode conferir os resultados apurados nas urnas com o aplicativo “Boletim na Mão”, instalado no seu smartphone. Alguns dos boletins que viralizaram nas redes sociais exibem também o código, e o Comprova pôde verificar a veracidade dos documentos das zonas de Taipé (Taiwan), Sydney (Austrália) e Xangai (China).

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar