Corpo de policial militar está sendo velado em Ourilândia

Corpo de policial militar é velado na casa de familiares - Foto: Fato Regional

Está sendo velado na manhã desta quarta-feira (12), o corpo do sargento militar, Geraldo Andrade, que integrava o 36º Batalhão de Polícia Militar, lotado em Tucumã, na região sul do Pará. O policial estava desaparecido desde a noite da última segunda-feira (10) e foi encontrado morto dentro de um quarto de hotel, após cometer suicídio.

Andrade era muito querido na região em que atuava, hoje, parentes e amigos da vida e de profissão, autoridades e profissionais de diversas áreas, choram a sua partida. Para muitos que o conheciam e ao seu trabalho, o policial fará muita falta.

A reportagem do Portal Fato Regional, que também lamenta a perda de Andrade, tentou contato com familiares e colegas de farda do sargento, mas, ainda muito abalados com a perda, não quiseram se pronunciar sobre o ocorrido.

A Prefeitura de Tucumã decretou luto oficial de três dias pela morte do sargento.

Entenda o caso – Na manhã de terça-feira (11), familiares do sargento Geraldo Andrade, deram queixa do desaparecimento do policial, ao comando de Polícia que ele atuava, mas, para a Polícia, até então, o caso não se tratava de desaparecimento, pois, não havia completado as 24 horas de sua ausência.

Sargento da Polícia Militar, G. Andrade ao lado da viatura durante serviço – Foto: Reprodução

Somente após a esposa do policial receber uma mensagem de texto pelo celular do marido, pedindo que a polícia fosse alertada a procurá-lo em uma estrada vicinal, porém, não especificada, foi que os policiais iniciaram as buscas pelo sargento.

Viaturas do Grupo Tático Operacional (GTO) iniciaram varreduras em áreas dos municípios de Tucumã e Ourilândia do Norte. Somente por volta das 20h, a PM foi informada de que Andrade estaria hospedado em um hotel na região de Ourilândia.

Quando a polícia chegou ao local, encontraram o policial morto. Sem indícios de crime, a PM constatou que Andrade havia cometido suicídio.

Em nota a Prefeitura e a Câmara Municipal de Tucumã lamentou lamentaram a morte do oficial. “É com imenso pesar que o Poderes Executivo e Legislativo Municipal de Tucumã recebem a triste notícia do falecimento do Sargento Geraldo Andrade, policial militar do Estado do Pará, lotado no 36° Batalhão do Comando de Policiamento Regional. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética, humanidade e ao longo de quase 30 anos prestou relevantes serviços na área da segurança pública.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”.


Prefeito Municipal de Tucumã, Adelar Pelegrini e, Anivaldo Julião de Lima, vereador­ Presidente da Câmara Municipal de Tucumã.

 

Da Redação Fato Regional.

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar