Criança de 5 anos é torturada pelo padrasto e passa por cirurgia

De acordo com relatos da equipe médica do hospital, a criança vinha sendo agredida há cerca de seis meses pelo seu padrasto
Crédito: Ilustrativa

Uma criança de apenas 5 anos precisou passar por uma cirurgia nesta quinta-feira, 22, após sofrer sessões de tortura cometidas pelo padrasto que também a mantinha em cárcere privado. O caso aconteceu em Pão de Açúcar, em Alagoas. Segundo informações do Hospital de Emergência do Agreste, local onde a criança está internada, o quadro clínico do menor é considerado estável.

Tortura

De acordo com relatos da equipe médica do hospital, a criança vinha sendo agredida há cerca de seis meses pelo seu padrasto. A mãe da criança chegou a ignorar a situação e não apresentou o caso às autoridades.

Porém, após um episódio de extrema violência e covardia, a criança precisou de atendimento médico e foi socorrido pelo Samu e encaminhada ao hospital. O menino teve algumas costelas quebradas, as nádegas marcadas com ferro quente (marcação usada em animais), além disso, a criança estava com o órgão genital machucado e os olhos inchados. A equipe médica ficou chocada com o estado do garoto. Muitos profissionais não conseguiram conter a emoção e a revolta.

A mãe chegou a dizer que o menino havia caído do cavalo, mas depois de ser pressionada pelos médicos, acabou revelando que o filho vinha sendo torturado constantemente pelo seu companheiro.

Prisão

Diante das denúncias, a Polícia Militar foi acionada e prendeu em flagrante o acusado, de 27 anos. Ele estava dormindo na residência onde morava com a mãe do menino, na companhia de outra enteada, de 9 anos. Segundo a polícia o acusado não esboçou reação.


De acordo com o Conselho Tutelar do município, a menina de 9 anos também é vítima do criminoso. “Ele bate nela até a menina desmaiar”, revela. A criança está sob os cuidados dos avós.

 

Com informações do Metrópoles

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: