Criança grava áudio expondo estupros e idoso é preso: “minha mulherzinha”

Foto: Ilustração.

Um idoso de 63 anos foi preso ontem, 2, acusado de estuorar uma menina de 9 anos. Os abusos foram descobertos através de um áudio gravado pela própria vítima. Na gravação, o homem confessa os abusos.

Segundo a Polícia Civil, o áudio foi enviado por uma pessoa que não se identificou, obtido através de uma conversa telefônica entre a criança e o abusador. No material, o idoso chama a criança de “minha mulherzinha”.

“O conteúdo do áudio é estarrecedor. Durante pouco mais de três minutos de conversa é possível concluir que o agressor praticou uma série de abusos sexuais contra a vítima, a quem considerava ‘sua mulherzinha’, conforme suas próprias palavras”, disse o delegado Thiago José Passos da Silva.


Assim que receberam a denúncia, os policiais foram até a casa do acusado que estava dormindo. De acordo com a polícia, uma investigação preliminar mostrou que ele era próximo da família da vítima e que já teria sido preso e condenado por estupro de vulnerável em outra cidade, mas, estava recorrendo em liberdade.

A Polícia Civil encaminhou um documento à Justiça pedindo a prisão temporária do idoso; o pedido foi acatado e ele conduzido à delegacia de Brasilândia, no Mato Grosso, onde aconteceu o crime. O caso continua sendo investigado.

Com informações do Pleno News
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar