Delegada acusada de avisar vereador sobre operação contra milícia é presa

Foi presa, na noite de quinta-feira (19), a delegada Eliete Cristina Alves Borges, após cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça. Ela é acusada de avisar o vereador de Ananindeua, Hugo Atayde (PSDB), um dos alvos da Operação Anonymous II que fugiu. O parlamentar continua foragido.

Além da prática de favorecimento pessoal, a delegada também teria envolvimento em diversas apresentações que antecederam a ocorrência de homicídios na Região Metropolitana de Belém (RMB).

Indícios confirmam que, em uma dessas ocasiões, Eliete teria recebido a quantia de R$ 3 mil para auxiliar membros do grupo de extermínio na construção fictícia de um álibi.


Para a divulgação de mais detalhes, a Polícia Civil do Pará concede entrevista coletiva à imprensa, às 11 horas desta sexta-feira (20), na sala de reuniões da Delegacia-Geral.

 

Com informações da Polícia Civil

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar