Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

De acordo com Boletim de Ocorrência Policial, registrado pela SEAP, a dupla deveria ter se apresentado ainda na última segunda-feira (11).
Cleiton e Douglas deveriam ter voltado ainda na segunda. Estão foragidos/ Foto: Divulgação

Entre os 2.559 presidiários do Pará, que tiveram o direito à saída temporária dos Dia dos Pais, pelo menos dois deles nunca voltaram. E os dois estavam na Unidade Semiaberto Masculino de Marabá (USMM). São eles Cleiton dos Santos Pereira, de 39 anos, e Douglas Alves da Silva, de 22.

De acordo com Boletim de Ocorrência Policial, registrado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), a dupla deveria ter se apresentado ainda na segunda-feira (11), às 14h. Mas isso não ocorreu.

Vale dizer que, embora o Dia dos Pais tenha sido no dia 8 de agosto, a saída temporária deste ano ocorreu somente no último final de semana, porque foi adiada, atendendo a pedido da própria SEAP.


Cleiton Pereira e Douglas Silva agora são considerados foragidos de Justiça. Eles integram um percentual de detentos que gira entre 3,8% e 4,6% que não costumam voltar das saídas temporárias, um benefício concedido por meio do Artigo 13 da Lei de Execuções Penais (LEP).

 

 

 

 

Fonte: Correio de Carajás

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: