Em Parauapebas, homem mata a ex e liga para avisar a irmã dela sobre o crime

Roseimiro Quaresma ligou para irmã de Fernanda Valéria Soares Ribeiro e assumiu o crime
Fernanda e Roseimiro já estavam separados; homem teria confessado assassinato para cunhada (Imagem: Reprodução)

A madrugada desta quarta-feira (15) foi palco de um assassinato cruel no bairro Morada Nova, em Parauapebas. Roseimiro Quaresma tirou a vida da ex-companheira, Fernanda Valéria Soares Ribeiro, crime ocorrido por volta das 4 horas da manhã.

Logo depois de ter assassinado a esposa, ele ligou para uma irmã de Fernanda que reside em Castanhal e informou a barbaridade que acabara de cometer. Curiosamente, ele ainda disse que ligou a central de ar condicionado para preservar o corpo por mais tempo.

Desesperada, a irmã de Fernanda ligou para a Polícia Militar de Parauapebas, que enviou uma viatura para o endereço informado. Ao chegar à residência do casal, localizada na Rua Jade, as portas estavam abertas. Lá, teriam encontrado o corpo de Fernanda em cima da cama do quarto e de fato a central de ar condicionado estava ligada, e o corpo coberto por um edredom.

Corpo de Fernanda foi encontrado na cama do ex-casal (Imagem: Ronaldo Modesto)

O Portal Correio de Carajás entrevistou o sargento Vicente, da PM de Parauapebas, o qual relatou o caso. Após a chamada do Centro de Controle e Operações, a guarnição acionou o Instituto Médico Legal (IML) por meio do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves para analisar a cena do crime e realizar a perícia.

O oficial conta que Fernanda já havia abandonado a relação com Roseimiro, e residia em Castanhal, no norte do estado. Ela teria voltado a Parauapebas para vender bens do casal, uma vez que estava se desfazendo da casa onde moravam. A irmã de Fernanda também reside em Castanhal.


A delegada Ianna Azevedo, da Divisão de Homicídios do município, informou ao Portal Correio de Carajás que testemunhas serão ouvidas antes que a prisão preventiva de Roseimiro seja solicitada. O paradeiro do acusado permanece desconhecido até a publicação desta notícia.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Correio de Carajás

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: