Envolvidos na morte de menina em Anajás são transportados para Belém

Foto: Alex Ribeiro/Agência Pará

Agentes de segurança do Estado transportaram para Belém nesta segunda-feira, 13, duas pessoas envolvidas na morte de Amanda Julie Ribeiro Sobrinho, 10 anos, que desapareceu no último dia 7 de junho, no município de Anajás, no Arquipélago do Marajó. O corpo da menina foi encontrado no último sábado (11), em um trapiche às margens do Rio Anajás.

A operação, coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), contou com a participação de equipes da Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios (DH, Diretoria de Polícia do interior – DPI e Divisão de Atendimento ao Adolescente – Data), do Grupamento Tático Operacional da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Científica.

A investigação realizada pela Polícia Civil possibilitou, até o momento, identificar três envolvidos no caso. No domingo, 12, Jobson da Silva Miranda foi preso em flagrante e confessou participação no crime. Uma menor de idade, que também admitiu a participação, foi apreendida. Os dois foram transportados para Belém em aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp). Outro envolvido no caso, Josuel dos Santos Gomes, reagiu à ação dos agentes de segurança no momento da prisão e morreu no enfrentamento.

Ação imediata – O delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende, acompanhou o traslado dos envolvidos à capital e falou sobre a importância da ação imediata dos órgãos de segurança do Pará na elucidação do caso. “Esta foi uma investigação em conjunto. Conseguimos atuar de forma célere, identificando os envolvidos que, inclusive, confessaram participação no crime”, informou Walter Resende.


Ainda segundo o delegado-geral, o trabalho de investigação vai prosseguir. “Os fatos estão sendo devidamente esclarecidos. Esperamos, no mais curto espaço de tempo, prender os outros envolvidos. A motivação do crime está sendo investigada. Ao final do inquérito vamos esclarecer de forma objetiva o que ocorreu no município de Anajás”, acrescentou.

O homem preso em flagrante foi encaminhado à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), onde está à disposição do Poder Judiciário. A menor foi encaminhada aos órgãos responsáveis.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar