domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Estudo aponta que 90% dos municípios do Pará aumentaram PIB; Bannach e Santa Maria das Barreiras estão entre 10 cidades com maior PIB per capita

Em 134 dos 144 municípios do Pará foram registrados aumentos do Produto Interno Bruto, como mostrou estudo da Fapespa com base em dados do IBGE
A agropecuária foi um dos setores que mais gera empregos no Pará e que mais contribui para o PIB do estado. (Foto: Bruno Cecim / Agência Pará / Arquivo / Imagem Ilustrativa)

O Produto Interno Bruto (PIB) — a soma de tudo o que é produzido — apresentou crescimento em 134 municípios do Pará (90% das cidades). Os dados constam no “Relatório PIB Municipal”, divulgado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), em parceria com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na região sul do estado, Santa Maria das Barreiras e Bannach estão entre os 10 maiores PIBs per capita (valor dividido pela população).

O PIB é o principal indicador econômico para medir o crescimento do país. Em números absolutos, Parauapebas tem o maior produto interno bruto do Pará, com R$ 49,7 bilhões. Em seguida estão Canaã dos Carajás (R$ 34,9 bilhões), Belém (R$ 33,4 bilhões), Marabá (R$ 13,5 bilhões), Barcarena (R$ 9,2 bilhões), Ananindeua (R$ 8,9 bilhões) e Santarém (R$ 6,3 bilhões). Juntos, esses municípios representaram 59,5% do PIB do Estado e 34,5% da população paraense.

Já o PIB per capita, que é a divisão do PIB pelo número de habitantes, tem Canaã dos Carajás como líder no estado, com R$ 894 mil – um crescimento de 51,5% em relação a 2020 -, e o segundo maior índice do Brasil, ficando atrás apenas de Catas Altas, em Minas Gerais, que apresentou R$ 920 mil. Santa Maria das Barreiras aparece em 7º lugar, com R$ 48 mil e Bannach em 10ª posição com R$ 39 mil.

O estudo do IBGE leva em consideração o ano de 2021, em função das informações necessárias para o cálculo do PIB levarem aproximadamente dois anos para serem disponibilizadas. Em novembro deste ano, a Fapespa divulgou o levantamento do PIB do Pará, que chegou a R$ 262,9 bilhões, avançando 0,08% na participação na economia nacional e chegando em 2,9%. É o maior PIB da região Norte e 10º maior do Brasil.

“Em 2021, as atividades econômicas apresentaram expansão do valor adicionado às economias locais, ocasionando o crescimento nominal do PIB. Como destaque, têm-se as atividades de Extração Mineral e Pecuária, que obtiveram elevação significativas de preços, seguidas do Comércio, do Alojamento e Alimentação e da Educação e Saúde privada. Nesse sentido, os municípios obtiveram aumentos em seu PIB com recuperação frente a 2020, onde houve fortes reduções devido às medidas de isolamento social”, explicou Gláucia Moreira, coordenadora de Estatística Econômica e Contas Regionais da Fapespa.

Ranking dos 10 Maiores PIBs dos Municípios do Estado do Pará – 2021

1º Parauapebas R$ 49.763.040 bilhões

2º Canaã dos Carajás R$ 34.989.610 bilhões

3º Belém R$ 33.467.126 bilhões

4º Marabá R$ 13.523.145 bilhões

5º Barcarena R$ 9.243.937 bilhões

6º Ananindeua R$ 8.939.830 bilhões

7º Santarém R$ 6.390.528 bilhões

8º Tucuruí R$ 5.614.501 bilhões

9º Castanhal R$ 4.709.312 bilhões

10º Paragominas R$ 4.280.508 bilhões

Ranking dos 10 Maiores PIBs per capita dos Municípios do Estado do Pará – 2021

1º Canaã dos Carajás R$ 894 mil

2º Vitória do Xingu R$ 274 mil

3º Parauapebas R$ 227 mil

4º Curionópolis R$ 206 mil

5º Jacareacanga R$ 90 mil

6º Barcarena R$ 71 mil

7º Santa Maria das Barreiras R$ 48 mil

8º Tucuruí R$ 48 mil

9º Marabá R$ 47 mil

10º Bannach R$ 39 mil

(Da Redação do Fato Regional, com informações da Agência Pará)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!