Fachin pede providências sobre operação que deixou 28 mortos no RJ

Fachin também deve decidir se pede esclarecimentos ao governador do Rio, sobre os procedimentos adotados
Foto: Rosinei Coutinho/Supremo Tribunal Federal

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu que a Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Procuradoria-Geral de Justiça no Rio de Janeiro tomem providências sobre a ação policial da última quinta-feira, 6, que deixou 25 mortos na comunidade Jacarezinho.

Fachin também deve decidir se pede esclarecimentos ao governador do Rio, Claudio Castro, sobre os procedimentos adotados para impedir ações, consideradas abusivas.

Fotos e vídeos foram atribuídos a ação pelo Núcleo de Assessoria Jurídica Universitária Popular Luiza Mahin,  um projeto da Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e chegaram a ser enviados pelo ministro às duas instituições.


No entanto, um dos vídeos é de uma execução que ocorreu no Rio Grande do Sul, e já circulava desde fevereiro. No documento, Fachin, com base no que viu nas imagens que recebeu, afirma que “em um dos vídeos, há indícios de atos que, em tese, poderiam configurar execução arbitrária”.

 

Fonte: CNN. 

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: