Filho embriagado mata o próprio pai com golpes de facão

Um homem que constantemente se embriagava identificado como Cleudo Caravalho de Aquino, de 37 anos, assassinou o próprio pai, Raimundo Carvalho de Aquino, de 60 anos, com golpe de facão na barriga
A polícia apreendeu a faca usada no crime | Divulgação

A embriaguez traz inúmeros malefícios para a saúde de um indivíduo viciado, no plano psicológico pode acentuar os ânimos e levar a atos extremos em situações de pequena relevância. O álcool ou qualquer outro tipo de entorpecente somado a lares conturbados é um risco para a família. O crime de parricídio (crime de matar o parente) não é previsto no código penal, mas geralmente é extremamente reprovável pela sociedade e gera muita revolta. Foi o que aconteceu numa cidade pacata do interior do estado.

Um homem que constantemente se embriagava identificado como Cleudo Caravalho de Aquino, de 37 anos, assassinou o próprio pai, Raimundo Carvalho de Aquino, de 60 anos, com golpe de facão na barriga. O caso ocorreu na noite de sábado (23), em Conceição do Araguaia, no Sul do Pará.

Conforme testemunhas, pai e filho discutiam frequentemente. Populares se aglomeraram em volta da casa após o crime para tentar linchar o parricida, revoltados com a situação que o crime ocorreu.


Mas a polícia militar dispersou a população e prendeu o suspeito. O idoso foi conduzido para o Hospital Regional de Conceição do Araguaia (HCRA), mas o golpe de facão perfurou 18 centímetros abaixo do peito e pericia medica constatou o óbito.

 

 

 

 

 

 

Com informações DOL Carajás

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar