Flamengo mantém atividades no CT; muros da Sede da Gávea são pichados

Apesar da desautorização da Prefeitura do Rio de Janeiro, jogadores do Flamengo vão ao CT
CT do Flamengo - Foto: Internet

Após a Prefeitura reforçar, em reunião nesta quarta-feira, que os treinos não estão autorizados no Rio de Janeiro, o Flamengo manteve a programação e os jogadores se apresentaram nesta quinta-feira no CT George Helal, o Ninho do Urubu. O clube não tem registrado as práticas nas redes sociais e a imprensa está vetada.

Este é o terceiro dia de atividades no Ninho do Urubu. Após o elenco ser submetido à exames na segunda-feira, os atletas foram aos campos e trabalharam com bola na terça e na quarta-feira. A TV Globo registrou imagens de jogadores e membros da comissão técnica nos gramados do CT do clube.

MURO DA GÁVEA É PICHADO

Os muros da Sede da Gávea, na Zona Sul do Rio de Janeiro, foram pichados na madrugada desta quinta-feira. As mensagens chamavam o presidente Rodolfo Landim e o vice de relações externas Luiz Eduardo Baptista, o Bap, de “fascistas”. “Clube do povo” e “somos democracia” também outros dizeres.


Uma das pichações ainda fazia referência ao massagista Jorginho, que foi vítima da pandemia do coronavírus. Seu falecimento causou grande comoção entre os jogadores. Além disso, o número 1.179 foi pichado, o qual foi o número de mortos por Covid-19 na terça, quando o presidente Rodolfo Landim e o Dr. Márcio Tannure se encontraram com o presidente Jair Bolsonaro, em Brasília.

 

 

Fonte: LANCE!

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: