Força-tarefa vistoria barragem de Mina do Sossego no Pará

Até abril, expectativa é avaliar 56 estruturas de barragens em todo o Pará.
Barragem em Canaã dos Carajás: 42 metros de altura e 108 milhões de metros cúbicos de resíduos - Foto: Maycon Nunes / Agência Pará

Integrantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e da Defesa Civil do Pará acompanham nesta quarta e quinta-feira a vistoria de técnicos da SEMAS às barragens do complexo da Mina Sossego, em Canaã dos Carajás. A vistoria faz parte do Grupo de Trabalho de Segurança em Barragens, criado pelo governo do Estado.

O titular da Semas, Mauro Ó de Almeida e o comando da Defesa Civil Estadual, representado pelo Tenente Coronel Jayme Benjó, também integram a equipe. Nesta quarta, as equipes da Semas e Defesa Civil avaliarão não apenas a barragem da Mina Sossego, mas também as estruturas de contenção de fino (diferentes diques) do empreendimento, que explora concentrado de cobre.

A barragem da Mina Sossego, em Canaã dos Carajás, tem cerca de 42 metros de altura e capacidade de concentrar aproximadamente 108 milhões de metros cúbicos de resíduos.

A expectativa é que, durante esse período, sejam avaliadas 56 estruturas de barragens em todo o Estado.

Mina do Sossego: grupo vistoria barragens em cinco regiões – Foto: Akira Onuma.

 

VISTORIAS

O cronograma de visitas do Grupo de Trabalho de Segurança em Barragens seguirá até o dia 5 de abril de 2019. A expectativa é que, durante esse período, sejam avaliadas 56 estruturas de barragens em todo o Estado.

Para isso, a força-tarefa montada foi dividida em cinco grupos que atuarão nas regiões Sudeste, Sudoeste, Baixo Amazonas, Paragominas e Barcarena.

Segundo a Semas, até o momento, não existem motivos para a população se preocupar com as barragens no Estado.

 

 


Fonte: OLIBERAL.COM

Compartilhar essa matéria

fechar