segunda-feira, 27 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Governo reforça ações para combater incêndio em área florestal na Serra das Andorinhas

Foto: Divulgação

Órgãos estaduais intensificam ações integradas para combater e reduzir focos de incêndio em área florestal do Parque Estadual Serra das Andorinhas, no sudeste paraense. As ações foram iniciadas na última terça-feira (11) com a mobilização de 42 agentes de segurança e defesa, entre bombeiros militares e civis, com apoio de aeronaves do Estado.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio do Corpo de Bombeiros Militar e da Coordenadoria de Defesa Civil, e do Grupamento Aéreo de Segurança (Graesp), atua em parceria com o Ideflor-Bio (Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade) desde a identificação dos focos de incêndio para controlar e reduzir os danos causados na área e à população que reside próximo ao local.

Articulação – Reuniões emergenciais para alinhamento das ações já foram realizadas com o governador Helder Barbalho; o prefeito de São Geraldo do Araguaia, Jefferson Douglas Oliveira; a presidente do Ideflor-Bio, Karla Bengtson, e o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Hayman Apolo, para acelerar o combate ao fogo, destacou o titular da Segup, Ualame Machado, acrescentando que as equipes estão atuando diuturnamente com equipamentos necessários e específicos nesses casos.

“Desde que tomamos conhecimento da situação deslocamos equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Marabá para que as ações fossem iniciadas imediatamente. Além disso, já estamos lá com brigadistas civis do Ideflor, que atuam junto aos agentes de segurança com equipamentos específicos, como os sopradores utilizados no combate a incêndios. Além disso, o Grupamento Aéreo está no local, inclusive com o caminhão-tanque pra reabastecer a aeronave e facilitar as ações. Temos ainda um equipamento direcionado a captar água do rio e direcionar sobre os focos de incêndio, pra que a gente possa combater o mais rápido possível”, enfatizou Ualame Machado.

Segundo Karla Bengtson, até o momento foram identificados 30 focos de incêndio. “Apesar de focos já identificados, estamos engajados com todo o suporte da Secretaria de Segurança no aporte técnico e de combate, assim como os brigadistas do próprio Instituto, e o apoio da Prefeitura Municipal de São Geraldo do Araguaia. Nós temos buscado de forma afetiva garantir o combate e controle do fogo, trazendo paz e conforto para a comunidade. Todos estão engajados nesse objetivo maior, de solucionar esse problema dentro das unidades de conservação que estão no município de São Geraldo do Araguaia”, informou.


Reforço – Quarenta e dois agentes do Corpo de Bombeiros Militar e das coordenadorias de Defesa Civil de Marabá e Belém, além de bombeiros civis, já foram deslocados para o local e permanecem atuando initerruptamente para combater as chamas, disse o comandante do Corpo de Bombeiros Militar.

O coronel BM acrescentou que “por meio do governo do Estado estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para contornar e controlar esse incêndio o mais rápido possível e garantir a segurança de toda população em São Geraldo do Araguaia. Nós já enviamos equipamentos de Marabá e Belém pra poder dar apoio a nossa tropa. Não sairemos do local até que os focos sejam totalmente cessados”.

Fonte: Agência Pará