Ideflor-Bio realiza Ação Educativa Pré-Defeso nos municípios do Mosaico Lago de Tucuruí

A ação será realizada no período do dia 12 a 30 de outubro nos municípios: Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna, Itupiranga, Breu Branco, Novo Repartimento e Tucuruí, assim como Marabá.
Foto: Divulgação.

No período de 12 a 30 de outubro, o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio), por meio da Diretoria de Gestão e Monitoramento de Unidades de Conservação (DGMUC), realiza uma Ação de Educação Ambiental- Pré-Defeso, nos sete municípios que compõem o território do Mosaico Lago de Tucuruí, formado por: Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna, Itupiranga, Breu Branco, Novo Repartimento e Tucuruí, assim como Marabá.

Segundo o Ideflor-Bio, a ação tem como objetivo dialogar e sensibilizar a classe dos pescadores e pescadoras, a sociedade civil organizada, bem como os poderes públicos municipais e as secretarias pertinentes sobre o cumprimento do período do defeso de espécies de peixes da região, que acontece anualmente no período de 1º de novembro até 28 de fevereiro de acordo com Instrução Normativa Interministerial nº13, de 25 de Outubro de 2011, que estabelece normas gerais à pesca para bacia hidrográfica do Rio Tocantins e período de defeso para bacias hidrográficas dos rios Tocantins e Gurupi.

De acordo com a presidente do Ideflor-Bio, Karla Bengtson, o defeso da pesca é tema debatido cotidianamente no conselho deliberativo do Mosaico, o que impulsiona a gestão na execução de ações de educação ambiental nos municípios da região e ratifica que o órgão gestor da unidade de conservação e a população estão unidos em busca de encontrar soluções visando o desenvolvimento sustentável da região.

No período de defeso, só poderão ser vendidos os pescados com a declaração de estoque feita até dia 18 de novembro, provenientes de pisciculturas devidamente licenciadas. Ela explica que a Gerência da Região Administrativa do Mosaico do Lago de Tucuruí, do Ideflor-Bio, tem como competência a gestão e conservação dos recursos naturais e orienta os pescadores, comerciantes e consumidores a respeito do período de defeso dos peixes da bacia hidrográfica do Rio Tocantins, onde estão localizados as Unidades de Conservação que compõem o Mosaico.

O Mosaico Lago de Tucuruí foi criado pela Lei Estadual nº. 6.451, de 8 de abril de 2002. A região é constituída por três Unidades de Conservação: a Área de Proteção Ambiental (APA) Lago de Tucuruí e as Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Alcobaça e Pucuruí-Ararão.

A área abrange os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Novo Repartimento, Nova Ipixuna e Itupiranga. As Unidades de Conservação (UCs) são administradas pelo Ideflor-Bio. A gerente da região administrativa do Mosaico, Mariana Bogéa, explica que a ação educativa ambiental antes do período do defeso da pesca na região ajuda na conscientização da comunidade para a preservação na área do Mosaico Lago de Tucuruí. Confira abaixo a programação educativa na área:

Data: 12/10/2021 – Goianésia do Pará (Vila do Porto Novo)

Data: 13/10/2021 – Jacundá (Porto da Santa Rosa)

Data: 16/10/2021 – Marabá (Sede da colônia de Pescadores Z-30)

Data: 19/10/2021 – Nova Ipixuna (Vila Belém)

Data: 20/10/2021 – Itupiranga (Vila Tauyri)

Data: 21/10/2021 – Itupiranga (Câmara de Vereadores – Audiência Pública

Data: 23/10/2021 – Breu Branco (Sede da Colônia de Pescadores)

Data: 29/10/2021 – Novo Repartimento (Sede da Colônia de Pescadores)


Data: 30/10/2021 – Tucuruí (Sede da Colônia de Pescadores)

 

 

 

 

 

 

Fonte: Blog Zé Dudu

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: