Início das aulas na escola Romildo Veloso está prevista para o dia 11/02

A Escola Estadual de Ensino Médio Romildo Veloso, em Ourilândia do Norte, sudeste paraense, está pronta para começar o ano letivo de 2019. Segundo a direção, até o momento a escola já matriculou quase mil alunos. “Vamos iniciar as aulas junto com as escolas do município, uma vez que trabalhamos em parceria com eles. A data prevista para o início das nossas atividades é dia 11 de fevereiro”, informa a diretora da escola, Aldiane Teles.

Aldiane Teles, diretora da Escola Estadual Romildo Veloso – Foto: Fato Regional

O colégio funciona nos três turnos (manhã, tarde e noite) e, ainda possui um anexo na escola municipal Madre Carolina que funciona apenas no turno da noite, mas, já está sendo construída salas novas no Romildo Veloso para receber os alunos do anexo. “Estamos com as obras em andamento e esperamos que ainda este ano os alunos que estudam no anexo possam ser integrados a nossa escola. Contamos com o Governo do Estado para que esta obra seja finalizada ainda no início deste ano”, explica a diretora. Ao todo, 12 novas salas estão sendo construídas na escola.

Ainda de acordo com a direção, estima-se que o ano letivo comece e termine ainda em 2019, para não atrasar os estudantes do terceiro ano na hora de se inscreverem para o vestibular. “Todo ano nós conseguimos iniciar e terminar as nossas atividades no mesmo ano, esperamos que, mesmo com alguns problemas com relação a falta de professores em determinadas disciplinas, esperamos que o Governo chame o quanto antes os concursados para ocuparem estas disciplinas e com isso não atrasar o andamento das nossas atividades. É uma situação delicada”, ressalta a diretora que explicou que “caso o Governo não chame de imediato concursados para preencherem estas disciplinas, as atividades começarão com a ausência destes professores”.


Segundo a dona Maria Concita, mãe de uma aluna da instituição, o colégio é muito bom e ela torce para que as aulas comecem sem maiores problemas para os estudantes. “Gostei muito do atendimento deles para com a minha filha. É um lugar bom, com professores qualificados e atenciosos, e que realmente atendem as necessidades dos alunos, que é o mais importante”.

 

Da Redação Fato Regional

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar