quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Jovem de Ourilândia está desaparecido há 15 dias e família pede ajuda para localizar o rapaz

Kassio Torres Ferreira completa 18 anos neste sábado, dia 9 de março. Mesmo tendo saído de casa e passado por outros municípios no sul do Pará, ele mantinha contato com a mãe. A última notícia dele foi dia 23 de fevereiro e que estaria trabalhando em uma chácara, em Redenção, e teria sido visto em Cumaru do Norte. Desde então, não houve mais contato com ele.
A última notícia que a mãe teve do rapaz é de que ele estaria trabalhando numa chácara em Cumaru do Norte, mas desde o dia 23 de fevereiro a família não tem mais notícias (Foto: Divulgação / Via WhatsApp do Fato Regional)

Há 15 dias, Kassio Torres Ferreira, que completa 18 anos neste sábado (9 de março), perdeu o contato com a família. Ele saiu de casa, em Ourilândia do Norte, no dia 2 de janeiro, sem dizer para onde ia. Mesmo assim, sempre atendia ligações e respondia às mensagens da mãe, dona Leidiane. Em contato com um amigo do rapaz, ela conseguia rastrear por onde o filho passava e esteve por Redenção. A última notícia é de que ele estaria trabalhando em uma chácara de Redenção e teria sido visto em Cumaru do Norte.

Ao Fato Regional, dona Leidiane informou que o último contato que teve com Kassio foi no dia 23 de fevereiro. A única vez em que deixou de dar notícias foi por um breve período em que passou sem celular, mas não chegou ao tempo em que ela está sem notícias dele. O amigo dela com quem ela falava também perdeu contato. A mãe diz que o rapaz era dependente químico e já havia sido internado uma vez. O desaparecimento foi registrado junto à Polícia Civil de Ourilândia do Norte.

Dona Leidiane está preocupada e pede ajuda para encontrar o filho Kassio. Passar o aniversário dele distante e sem notícias é algo que ela não deseja. Quem tiver informações sobre o paradeiro do rapaz, pode entrar em contato por telefone ou WhatsApp no número (94) 99244-8331. A família do rapaz precisa de informações concretas e não críticas, brincadeiras, julgamentos e desinformação.

Quem preferir comunicar informações diretamente à polícia, pode repassar ao Disque-Denúncia (181). Se a informação for mais urgente, o ideal é ligar para o 190. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Não é necessário se identificar.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!