Justiça manda soltar um dos acusados da morte de Josemilton, em Tucumã

Suspeito de participação no linchamento e morte de Josemilton Nunes dos Santos, Valderson Peres da Silva, foi solto na manhã desta quinta-feira (10). Segundo informações da polícia de Tucumã, o acusado foi solto por decisão judicial.

A Polícia não deu mais detalhes sobre a decisão judicial que pôs em liberdade Valderson, preso desde o dia 11 de dezembro de 2018, junto de mais dois envolvidos, Valmir Bezerra da Silva e José Ferreira Garcia que permanecem presos à disposição da justiça.

ENTENDA O CASO

O crime aconteceu no dia 20 de novembro de 2018, Josemilton, que morava na beira de uma estrada vicinal, em Tucumã, tinha ido à cidade levar a esposa para fazer tratamento de saúde, quando ao retornar para sua residência, foi atacado e assassinado de forma covarde e brutal por populares.

Josemilton Nunes, espancado até a morte por mototaxistas, deixa esposa e cinco filhos. (Crédtido/Foto: Whatssapp)

A vítima havia sido confundida com um homem que havia roubado a moto de um mototaxista da região. Ainda nas proximidades do local onde a moto havia sido roubada, o grupo de agressores levou a vítima para um bairro mais afastado do centro da cidade, onde o mataram, após terem cometido as agressões.

 

Da Redação Fato Regional

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar