Lutador paraense fala sobre nova oportunidade por título do UFC

Em fevereiro, Deiveson Figueiredo estourou limite de peso; mesmo após vitória, ficou sem o cinturão peso-mosca

O lutador paraense Deiveson Figueiredo terá mais uma chance de conquistar o cinturão da categoria peso-mosca (até 56,7 kg). No próximo sábado (18), o “Deus da Guerra” reencontra o norte-americano Joseph Benavidez, após perder a oportunidade do título, em fevereiro.

PREPARAÇÃO

Antes mesmo de entrar no octógono, Deiveson contou que a pandemia foi o primeiro rival ao longo da preparação. Segundo o lutador, treinar durante o isolamento foi uma loucura, em Belém: “Foi bem complicado. Para falar a verdade foi assustador e entediante, mas para quem vem da selva obstáculos não existem”, disse Deiveson, que viaja neste fim de semana de São Paulo para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, local da luta.

PESO

Após estourar o limite de peso no primeiro embate contra Benavidez, o “Deus da Guerra” revelou que dobrou a atenção neste fator e até mudou a tática para esta revanche: “A estratégia para essa luta não foi ganhar muita massa. Tive uma dieta muito mais agressiva e já estamos com o foco na quinta-feira (16), dia da pesagem. Já estou bem pertinho (56,9 kg), para obter o peso ideal e depois devorar um javali assado”, brincou.

ADVERSÁRIO


Por fim, Deiveson afirma acreditar na mudança de tática do rival. No entanto, o lutador garante que sabe o Benavidez tentará fazer: “Ele vem com uma nova estratégia. É um lutador inteligente, mas ele não costuma mudar muito a forma de lutar. Ele vai tentar me colocar para baixo, mas tenho um jiu-jitsu muito forte e possuo ‘armas’ que ele não tem”, finalizou.

 

 

Fonte: Liberal

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: