Marabá e Santarém recebem Helder em cerimônia simbólica de posse

(Foto: Marco Santos/Diário do Pará)

Após participar da cerimônia de posse em Belém, o governador Helder Barbalho foi até a cidade de Marabá, no sudeste do Pará, para ser empossado diante dos moradores do município, na terça-feira (1º).

Helder foi recepcionado por tropas da Polícia Militar no Centro de Convenções Carajás, onde recebeu carinho de adultos, crianças e idosos, que participaram da cerimônia.

Assim como na capital paraense, Helder recebeu a faixa do governo paraense das mãos de sua esposa, a primeira dama do estado, Daniela Barbalho.

Estiveram presentes a deputada federal reeleita Elcione Barbalho, assim como autoridades da região e alguns deputados estaduais, prefeitos e vereadores.

A Faixa Governamental, símbolo principal do governador do Pará, confeccionada em cetim especial tendo em sua estrutura o brasão de armas estadual confeccionado em ouro, em um trabalho de ourivesaria paraense, foi entregue pela estudante do 6º ano da escola militar Rio Tocantins, Ana Clara da Silva Dourado, de 11 anos.

Em seu discurso, Helder destacou o compromisso de trabalhar em prol da verticalização do minério e da viabilidade da hidrovia do Tocantins com as obras do Pedral do Lourenço, assim como o modal ferroviário que, na visão dele, precisa se interligar com o sistema nacional. Ainda salientou que apoiará e orientará o agronegócio desburocratizando.

O governador ainda disse que como um filho esquecido, entende porque o povo trabalhou em prol da emancipação e do plebiscito de 2011, onde foi votada a criação ou não dos estados de Carajás e do Tapajós. “A hidrovia é obra estratégica e prioritária para o nosso Estado”, disse. “Estaremos juntos lado a lado trabalhado para produzir as melhorias que a sociedade clama e tem pressa, não suporta mais viver os índices de violência que tomam conta do nosso Estado”, enfatizou.

O prefeito de Marabá, Sebastião Miranda, destacou que desde o primeiro dia de governo, Helder se faz presente no município por meio da escolha do ato público. “Isso tem uma importância simbólica muito grande e a gente fica feliz porque ele prestigiou a nossa região, não só Marabá, mas o sul e o sudeste do Pará”, destacou ele, citando os mais de 30 prefeitos da região presentes ao evento.

Tião Miranda ainda lembrou que sempre teve uma relação de parceria com o Estado. “A minha cabeça funciona em interesse da comunidade de Marabá e essa parceria com certeza vai ser continuada e ampliada. Sou um parceiro do governo Helder”, frisou.

Sobre o perfil que pretende manter, Helder destacou que fará parcerias a fim de garantir com que a região possa estar integrada nas agendas prioritárias do governo do Estado. “Fazer com que cada localidade possa ter as suas vocações priorizadas e potencializadas para que possamos gerar emprego e renda”, encerrou.

Governador garante que estará sempre presente em todas as regiões

Centenas de pessoas lotaram a rua que dá acesso ao Centro Cultural João Fona, no município de Santarém, na região Oeste do Pará, para acompanhar a terceira e última parte da cerimônia de posse do novo governador do Estado, Helder Barbalho. Antes disso, Helder e o vice-governador, Lúcio Vale, foram empossados oficialmente em Belém, na manhã de ontem, e à tarde no município de Marabá, na região Sudeste.

Em seu discurso de posse, o governador Helder Barbalho reiterou que a partir de agora, toda a equipe de gestão vai trabalhar firme para construir uma nova relação com os municípios desta região. “É fundamental que nós possamos estar presentes em cada cidade deste estado e a região Oeste lamentavelmente tem sido esquecida por parte do governo e não se aceita mais isso. Eu desejo construir uma nova relação, um novo tempo”.


Sobre pontos de uma pauta específica, Helder Barbalho afirmou que é necessário solucionar urgentemente o problema do abastecimento de água no município de Santarém, como também a conclusão de obras que estão paralisadas ou inconclusas. “No caso aqui de Santarém, temos o estádio [Barbalhão], o terminal hidroviário, o ginásio poliesportivo, mas, também, obras como o Hospital do Tapajós [em Itaituba] fundamental para gerar saúde para a região, além de iniciar no momento seguinte o Hospital Regional da Calha Norte”, lembrou o governador Helder Barbalho.

(Fonte: Michele Garcia/DOL)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar