Medidas preventivas evitam acidentes com rede elétrica nas férias escolares, alerta concessionária no Pará

Foto: Ilustrativa/Freepik

As férias escolares são a combinação perfeita para o uso dos mais variados tipos de equipamentos eletroeletrônicos, como videogame e computadores, por crianças e adolescentes da atual geração. Mas, por dentro do que aparentemente apresenta muito entretenimento, pode oferecer sérios riscos de acidentes quando ocorre o mau uso dos aparelhos nas tomadas de energia elétrica, por exemplo. Por conta disso, a Equatorial Pará orienta as famílias a ficarem atentas, uma vez que a maioria dos acidentes envolvendo eletricidade ocorre no ambiente doméstico.

A recomendação é manter a criançada longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Aliás, é essencial que sejam utilizados protetores nas tomadas para que não sejam introduzidos objetos metálicos. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Para o executivo da área de Segurança da Equatorial Pará, Alex Fernandes, toda a fiação das residências precisam estar em perfeitas condições. “Caso algum cabo de energia apresente algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomada, pois pode representar perigo de choque elétrico, inclusive com fatalidade”, alerta.

O uso de tablets e smartphones, enquanto estiverem carregando na tomada são proibidos. O recomendado é esperar os aparelhos carregarem e somente utilizar quando a bateria estiver 100%.

Mas, as diversões nas férias não se restringem apenas aos eletrônicos. Nas casas com piscinas, os pais não podem e nem devem tirar os olhos da garotada. Conforme Alex Fernandes é muito comum as pessoas saírem molhadas e abrir a geladeira. “A gente orienta que não se aproximem das geladeiras com os pés descalços e jamais manter contato com qualquer tipo de eletrodoméstico quando o corpo estiver molhado, pois água e energia não combinam”, reforça.

DIVERSÃO NAS ALTURAS

É muito comum nesta época do ano ver a turminha se divertir com as pipas nas alturas. A mais famosa brincadeira de rua, também merece atenção redobrada e para garantir total segurança, deve acontecer em lugares abertos, sem rede elétrica por perto.

Em casos de acidentes com energia elétrica dentro de casa, a Equatorial Pará orienta que seja pedido socorro ligando para o Corpo de Bombeiros (193) ou para o Samu (192) e desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral.

MAIS RECOMENDAÇÕES: 

– Mantenha as crianças longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Use tomadas no novo padrão do Inmetro ou utilize protetores;

– Ao ligar ou desligar um eletrodoméstico da tomada, segure pelo plugue (parte rígida isolante), e nunca puxe pelo fio;

– Mantenha distância de fio caído ou partido, previna as pessoas para que se afastem do local e ligue de imediato para a Equatorial Pará.

– Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, nunca tente retirá-la;


– Nunca use fios metálicos nem papel laminado para confeccionar a pipa, eles são como condutores de energia e podem causar choques fatais;

– Não use cerol. Além do risco de ferir ou mesmo matar, o cerol costuma cortar os fios.

 

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar