MPPA promove audiência pública para avaliar TAC sobre o caso Hydro

Reunião acontece um ano após o o vazamento de rejeitos.

Após um ano do o vazamento de rejeitos da empresa Hydro Alunorte, em Barcarena, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) realizam na sexta-feira (15) uma audiência pública para avaliar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) realizado com a empresa Hydro Alunorte. A reunião será realizada às 9h, na igreja Assembleia de Deus, no bairro Vila dos Cabanos.

Durante o evento, a força-tarefa formada pelo MP também pretende colher sugestões e propostas da população para elaborar a segunda fase de cadastramento das vítimas atingidas pelo vazamento de efluentes.

Entenda o caso

Nos dias 16 e 17 de fevereiro de 2018, resíduos de bauxita contaminada vazaram da Hydro Alunorte para o meio ambiente após fortes chuvas em Barcarena. Após uma vistoria com a presença da procuradoria do Ministério Público, foi identificado uma tubulação clandestina que saía da refinaria e despejava rejeitos que contaminaram o solo da floresta e rios das localidades próximas. Ainda foram encontradas outras duas tubulações ilegais que tinham a mesma finalidade.

O Instituto Evandro Chagas realizou coletas de solo e água nas comunidades que ficam ao redor da Hydro e após análise em laboratório foi constatado alteração nos elementos químicos presentes no solo, além da presença de metais pesados e cancerígenos como chumbo. A Hydro encomendou um estudo que refutou as análises do IEC e negou que houve contaminação.


Fonte: G1 Pará

Compartilhar essa matéria

fechar