Municípios do sul do Pará receberão mais 48 leitos de UTI dedicados ao tratamento de covid-19

Nova oferta garante mais espaços do que se fosse construído um hospital de campanha, informa o Governo do Estado. Com isso, total de leitos de UTI passa a 239.
(Foto: Pedro Guerreiro / Agência Pará)

Até o final desta semana, a região sul do Pará terá o total de 239 leitos de UTI dedicados a atender pacientes com covid-19. A medida foi anunciada pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que começa  a entregar os novos leitos nesta quarta-feira (7). As instituições que abrirão as novas vagas são o Hospital Geral de Parauapebas, o Hospital Regional de Marabá e o Hospital Regional de Redenção.

Até o momento, o sul do Pará conta com 211 leitos, entre leitos clínicos e UTIs, que estão distribuídos nos municípios de Conceição do Araguaia, Redenção, Marabá e Tucuruí. Novas vagas vêm sendo abertas conforme monitoramento do cenário da pandemia e demandas em todas as regiões do Estado, como afirma Rômulo Rodovalho, titular da Sespa.

Mais 48 leitos de UTI serão entregues, sendo 10 deles no Hospital Regional Marabá; que vai passar a contar com 40 leitos de UTIs e 14 clínicos. Outros 10 serão no Hospital Regional de Redenção, que passará, a ter 31 leitos de UTIs e 33 clínicos. Por fim, mais 28 leitos de UTIs anexos ao Hospital Geral de Parauapebas.


“A equipe técnica da Sespa analisa, diariamente, a demanda de leitos, e novos casos de contaminação pelo coronavírus em todo o Pará. A partir disso, vamos ampliando a oferta de leitos ou transformando leitos clínicos em UTIs, por exemplo, conforme a necessidade de cada região. Essa medida visa garantir assistência a toda população de forma descentralizada, para que o atendimento fosse mais breve a quem estivesse precisando”, explicou Rodovalho.

(Da Redação Fato Regional, com informações da Agência Pará)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: