sábado, 15 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

No Dia dos Pais, homem mata o próprio pai em Parauapebas; vítima tentava ajudar a nora

Uma tragédia familiar registrada no sudeste do Pará numa data festiva. O suspeito do parricídio foi preso momentos após o crime.
Haylan foi preso horas após supostamente ter matado o próprio pai (Foto: Portal Pebão)

Haylan Araújo Alves foi preso por suspeita de matar o próprio pai, Manoel Ramos Alves, em Parauapebas, sudeste do Pará. O crime ocorreu justamente no Dia dos Pais, na madrugada deste domingo (13). Possivelmente, tudo ocorreu durante uma briga na casa do suspeito do parricídio (ou patricídio, o crime de matar o próprio pai). O homem detido também pode responder por violência doméstica.

Informações colhidas pela Polícia Civil apontam que Haylan, supostamente, estaria agredindo a própria esposa. A moça começou a pedir socorro e o Manoel foi ajudar. Ao intervir nas agressões, o pai foi alvejado com 4 tiros na cabeça. O crime foi registrado na rua Perimetral Norte, no bairro Liberdade.

Manoel e Haylan, como contam conhecidos da família, já tinham uma relação de conflito. O pai já teria sido agredido pelo filho em outra ocasião. Dessa vez, as brigas terminaram em tragédia. E sabendo da suspeita de que Haylan teria cometido o crime, policiais civis e militares saíram em busca dele. O encontraram pela manhã, no bairro Da Paz.

Após a prisão, Haylan foi autuado em flagrante por homicídio doloso, além de ameaça e lesão corporal no contexto da lei Maria da Penha de combate à violência doméstica.

(Da Redação do Fato Regional, com informações do Portal Pebão)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!