Pará é destaque na geração de empregos, aponta Dieese

O estado do Pará encerrou o ano de 2018 com uma boa notícia, um saldo positivo na geração de empregos formais.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base em informações oficiais do Ministério do Trabalho, no comparativo entre admitidos e desligados o estado apresentou um crescimento de 2,16%. Em todo o estado, foram realizadas 272.549 admissões contra 257.263 desligamentos, gerando um saldo positivo de 15.286 postos de trabalho.

Ainda segundo a pesquisa, no mesmo período de 2017, o Pará apresentou saldo negativo no emprego. Foram feitas naquela oportunidade, 257.734 admissões contra 264.037 desligamentos, gerando um saldo negativo de 6.303 postos de trabalhos no setor formal da economia.

O destaque positivo na geração de empregos formais em 2018 foi o setor de serviços com saldo positivo de 10.781 postos de trabalhos, seguido pela construção civil, 2.057 postos de trabalhos; o comércio, 979 postos; a extração mineral, com 696 postos de trabalhos; e o setor da indústria de transformação, com saldo positivo de 549 postos de trabalhos.


Na região norte, o Pará foi o destaque na geração de empregos formais com 15.286 postos de trabalhos, seguido pelo Amazonas, com 6.569 postos; e o Tocantins com a geração de 3.043 novos empregos.

 

Da Redação Fato Regional, com informações do G1 Pará

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar