Pará tem cerca de 16 mil candidatos a prefeito, vice e vereador registrados na Justiça Eleitoral

Prazo para apresentação dos pedidos de candidatura termina às 19h deste sábado (26)
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em todo o Pará, partidos e coligações já apresentaram mais de 15 mil requerimentos de registro de candidatos a vereador e 480 a prefeito e vice-prefeito, totalizando aproximadamente 16 mil postulantes a cargo eletivo cadastrados na Justiça Eleitoral. Somente em Belém, seis nomes que tentam chegar ao Palácio Antônio Lemos e mais de 600 que querem ocupar uma cadeira no Poder Legislativo tinham sido registrados. Os dados constam no Sistema de Divulgação de Candidatura (Divulgacand), desenvolvimento pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que é abastecido de acordo com a apresentação do requerimento.

Pelo novo calendário eleitoral, o prazo para apresentação dos pedidos de candidatura termina às 19h deste sábado (26), sendo possível a transmissão via internet até as 8h. Após esse horário, é necessário fazer agendamento para entrega direto no cartório eleitoral.

Em Belém, os candidatos à Prefeitura já registrados até o início da tarde de sexta-feira (25), de acordo com o Divulgacand, são: Cássio Andrade e Max Lima (Coligação “Inovar para mudar”, dos partidos Solidariedade / Avante / Pros / PSB); Cleber Rebelo e Seu Alex (PSTU), Dr. Jeronimo e Ana Paula da Silveira (PMB), Edmilson Rodrigues e Edilson Moura (Coligação “Belém de novas ideias”: PT / Rede / UP / PC do B / Psol / PDT), Guilherme Lessa e Major Diamantina (PTC) e Vavá Martins e Sargento Gonçalves (Republicanos).

Porém, outros seis candidatos também foram lançados por seus partidos durante as convenções: Delegado Everaldo Eguchi e Edemberg Mota (Patriota); Gustavo Sefer e Alexandre Padilla (PSD/PP); Jair Lopes e Cristiano Sobral de Souza (PCO); José Priante e pastora Patrícia Queiroz (MDB, DC, PTB, PSC, PSL, PL e Podemos); Mario Couto (PRTB), que ainda não teve o vice anunciado; e Thiago Araújo e Marinalva Muniz (Cidadania, PSDB, DEM, PV e PMN).

Em Ananindeua, três candidatos a prefeito já foram registrados: Allan Bitar e sua vice, Dora Cunha (Cidadania); Carlito Begot e o vice Laércio (PSD) e Dr. Daniel com seu vice Erick Monteiro (Coligação “Ananindeua de coração” – Republicanos / DEM / PSDB / Solidariedade / Pros / PC do B / PSL / MDB / PSC / PL / PSB / PV / Avante / Pode / Patriota). Além de Belém e Ananindeua, Santarém tem mais de 200 mil eleitores. Esses três municípios são, portanto, os únicos no Pará com possibilidade de segundo turno. No caso de Santarém, também há três candidatos registrados até o momento, segundo dados do Divulgacand. São eles: Jesson Santos e sua vice Cabo Katiane (PRTB); João Pingarilho e Enfermeira Daniela (Coligação “Renovar e Transformar” – PTC e PSC); e Paulo Barrudada e Paulão do Curuai (PSL).

“O interessante é que eles de fato estão se antecipando, pela internet. Vai chegar muita coisa no último dia, mas eles (partidos e coligações) se anteciparam bastante”, ressaltou o coordenador da Secretaria Judiciária, Vespasiano Neto.

O prazo que termina neste sábado é o do pedido coletivo, apresentado pelos partidos e coligações. Depois, pelo calendário eleitoral, a Justiça tem até 29 de setembro para publicar edital dos pedidos de registro de candidatos apresentados. Os nomes escolhidos em convenção que não tiverem sido registrados pelos seus partidos, têm prazo de dois dias contados da publicação desse edital, para solicitarem seus registros à Justiça Eleitoral, até às 19h.

O último dia para a Justiça Eleitoral publicar edital dos pedidos de registro individual de candidatos escolhidos em convenção cujos partidos políticos ou coligações não os tenham requerido é 3 de outubro.

Dia 4 de outubro, ainda conforme o calendário, é o último dia, observado o prazo de cinco dias contados da publicação do edital de candidaturas, para qualquer candidato, partido político, coligação ou o Ministério Público impugnar os pedidos de registro. Também até essa data, observado o prazo de cinco dias contados da publicação do edital de candidaturas, qualquer cidadão pode apresentar notícia de inelegibilidade de candidato.

ESTATÍSTICA

De acordo com as estatísticas eleitorais do TSE, em relação ao quantitativo dos pedidos apresentados – seja para prefeito ou para vereador –  o partido que mais registrou candidaturas em território paraense, até o momento, foi o MDB, totalizando mais de 1.600 requerimentos. Depois dele, vem o PSD, com 1.142 pedidos, seguido do PSC, com 1.128, e do 1.082 requerimentos.

Além disso, até o momento, 66,6% dos candidatos registrados são do sexo masculino e outros 33,4% feminino. A maioria dos candidatos, 18,38%, tem de 40 a 44 anos. Outros 16,47% têm entre 35 e 39 anos, e 16,35% tem de 45 a 49 anos. As estatísticas mostram que, até às 15 h de sexta (25), dos registros feitos no Pará, 38,61% dos candidatos têm ensino médio completo e 22,94% superior completo. Em relação a cor/raça, 68,99% se identificaram como sendo parda, 18,25% branca, e 10,19% preta.

Até o momento, 988 servidores públicos municipais foram registrados como candidatos. Ainda no que se refere a ocupação, 1.651 são agricultores, 824 vereadores, 749 comerciantes, 626 empresários e 668 professores de ensino fundamental.

 

 

Fonte: O LIBERAL

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: