Participantes do Enem 2020 terão que usar máscara durante as provas

Quem não respeitar a determinação poderá ser eliminado do exame
Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

As alterações nos editais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 foram divulgadas nesta sexta-feira (31) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Entre as informações, os editais estabelecem que os participantes deverão usar máscara desde a entrada no local de prova até a saída. A máscara deverá cobrir a boca e o nariz do participante, que poderá ser eliminado do exame caso não respeite a determinação.

Também será respeitado o distanciamento entre as pessoas nos procedimentos de fiscalização, como identificação do participante, vistoria de materiais, lanches e artigos religiosos. A ida ao banheiro também será controlada e os estudantes terão que higienizar as mãos na entrada e saída dos banheiros. “O participante que comparecer ao local de aplicação das provas sem documento válido ou sem máscara de proteção à covid-19 deverá aguardar fora do local de aplicação até que receba o documento ou a máscara”, diz o edital.

No documento, estão disponíveis as novas datas do Enem 2020. As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e a versão digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Já a estrutura das provas permanece a mesma, tanto para a versão impressa quanto digital, com 180 questões objetivas e uma redação.

Do ano passado para cá, houve aumento de 13,5% no número de inscrições confirmadas, com um total de 5.783.357 participantes. Entre eles, 5.687.271 são para a prova impressa do Enem e 96.086 para o Enem Digital. Neste ano, do total de inscritos confirmados, 83% receberam a gratuidade da inscrição.

 

 

Com informações do Brasil Escola

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: