Perícia estará presente nas praias neste final de semana prolongado

Foto: Ascom CPC

A Polícia Científica do Pará (PCEPA) está participando das ações de segurança em Mosqueiro e Salinas, por meio da Operação Corpus 2022, em mais um final de semana prolongado devido ao feriado, em que se espera um aumento da movimentação de pessoas nas praias e balneários do Estado. Organizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), a perícia criminal atuará junto com os demais órgãos para garantir a tranquilidade aos banhistas.

A operação visa garantir a presença da perícia criminal para agilizar o atendimento de usuários e também a produção de prova pericial. Poderão ser realizadas perícias de local de crime contra a vida, contra o patrimônio, exames necrocópicos, lesão corporal, exames necroscópicos, corpo de delito, análise de drogas de abuso e perícias veiculares.

Cerca de 17 servidores foram destacados para as localidades, dentre eles médicos legistas, peritos criminais, auxiliares técnicos de perícia, motoristas e remocistas, que estão atuando na operação do dia 16 ao dia 19 Duas viaturas operacionais e duas de remoção de vítimas também foram destacadas para auxiliar a perícia no seu trabalho.


Além disso, será reforçado os efetivos em todos os Núcleos Avançados com presença de equipe pericial durante todo o período da operação nos municípios de Abaetetuba, Bragança, Paragominas, Tucuruí, Parauapebas e Itaituba. A Unidade Sede em Belém, além das Unidades Regionais de Marabá, Castanhal, Altamira e Santarém estão com funcionamento e atendimento regular, apoiando eventualmente as equipes destacadas.

“A participação da PCEPA é de suma importância, pois participando de forma integrada já providencia a execução dos exames periciais que são o subsídio para as investigações do judiciário, pois quanto mais célere for a execução do exame, mais célere o procedimento policial será finalizado e o retorno social será muito maior”, explicou o secretário adjunto de Gestão Operacional da Segup, coronel Alexandre Mascarenhas.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar