PIS/Pasep liberado neste mês pode chegar a R$ 3 mil; veja quem tem direito

Foto: Reprodução

Neste mês de junho, os trabalhadores poderão realizar até três saques do PIS/Pasep. Os benefícios podem chegar, juntos, a R$ 3 mil. Os valores liberados se referem ao saque do PIS/Pasep de ano-base 2019, ao saque do PIS/Pasep de ano-base 2020 e as cotas PIS/Pasep.

Pode receber o trabalhador que exerceu alguma atividade por pelo menos 30 dias em 2020 com carteira assinada, vai poder sacar o abono salarial em 2022. Cerca de R$ 430 milhões ainda não foram sacados, conforme informou o Ministério do Trabalho e Previdência.

No entanto, é necessário cumprir outras exigências como ter recebido uma remuneração média mensal de até dois salários mínimos e que esteja inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos.


O empregador também deve ter atualizado os dados do seu funcionário na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS/eSocial). O prazo para o trabalhador retirar o valor vai até 29 de dezembro deste ano. Você pode consultar o benefício e o valor exato que receberá, baixando o aplicativo da Carteira do Trabalho Digital (disponível para Android e iOS).

Caso você tenha deixado de sacar o abono salarial PIS/Pasep ano-base 2019, deverá respeitar as mesmas regras citadas acima no abono salarial 2020. A única diferença é que no caso do PIS/Pasep 2019, o trabalhador precisará fazer uma solicitação para resgatar o dinheiro. É possível fazer de forma presencial ou por e-mail. Neste caso, você deverá se dirigir a uma unidade regional do Ministério do Trabalho para solicitar a retirada do dinheiro. Levando documento com foto.

Com informações do Jornal Contábil
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar