Pistoleiros executam jovem na frente da esposa e filhos com 20 tiros em Xinguara

Um jovem de 27 anos identificado como Eduardo Braga de Sousa, foi executado por pistoleiros com aproximadamente 20 tiros, dentro da própria casa e na frente da esposa e dos dois filhos pequenos. De acordo com informações, Eduardo foi surpreendido pelos criminosos, que fingiam ser policiais para ter acesso a vítima. Até o momento, os criminosos não foram identificados. O crime aconteceu no setor Tanaka II, em Xinguara, no sul do Pará.


De acordo com uma testemunha, dois homens dizendo serem “policiais” teriam batido na porta da casa da vítima e chamado por ele, ordenando que ele abrisse imediatamente a porta da residência. Como a vítima não respondeu, os pistoleiros atiraram duas vezes, arrombaram a porta e foram até o quarto onde ele estava com a família. No local, eles mataram Eduardo na frente da esposa e das duas crianças. A Polícia Militar encontrou cerca de 20 cápsulas de pistola calibre 380 no cômodo.

A Delegacia de Polícia Civil de Xinguara instaurou um inquérito para apurar o homicídio, que tem indícios de crime encomendado, uma vez que a vítima já tinha passagens pela Polícia.

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar