PMs suspeitos de extorquir e sequestrar membros do CV enfrentam hoje audiência de custódia

Foto: Arquivo Agência Pará

Nesta quinta-feira, 7, dez policiais militares suspeitos de extorquir e sequestrar membros da facção criminosa Comando Vermelho (CV) irão enfrentar uma audiência de custódia, segundo informou o promotor de Justiça Militar Armando Brasil. Os agentes investigados são do 24º Batalhão de Polícia Militar (24º BPM), em Belém, que é responsável pela segurança na área do Tapanã, Augusto Montenegro, Maguari e parte do Distrito de Icoaraci.


Armando Brasil destacou que outros militares da Região Metropolitana também são investigados pelo mesmo crime e em breve podem ser presos. A promotoria ainda pedirá a instauração de conselho de disciplina para investigar o caso.

Segundo o promotor, o conselho de disciplina tem como objetivo apurar se os policiais permanecerão ou não na Corporação. Segundo Armando Brasil, os policiais investigados costumam prender traficantes nas viaturas e logo após a prisão, os militares exigem pagamento via pix. Alguns seguram a cocaína e passam a negociar propina em troca da liberdade dos traficantes.

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar