Polícias Civil e Militar recebem drones doados pela Vale

Equipamento vai ajudar no policiamento e monitoramento na região de Canaã dos Carajás. Unidades de outros municípios também devem receber os drones.
Equipamentos doados já foram entregues e isso encerra o convênio assinado, em 2019, entre Governo do Pará e Vale. Já começa agora o convênio de R$ 23 milhões, assinado no final de 2020. (Foto: Vale / Divulgação)

As polícias Civil e Militar de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, agora contam com drones. Os equipamentos foram doados pela Vale, que ainda deve doar seis equipamentos às corporações de Parauapebas, Eldorado do Carajás e Marabá. Foi feito um convênio com o Governo do Pará, que também prevê novos materiais e caminhonetes com o apoio da empresa, além da reforma ou construção e o aparelhamento de postos policiais.

“Os drones irão potencializar, assim como toda tecnologia, as ações de policiamento preventivo e repressivo, ações de inteligência e, também, atividades policiais realizadas em grandes eventos”, diz o comandante da Polícia Militar de Canaã dos Carajás, Tenente Guimarães.

As entregas dos drones encerrarão as doações previstas em convênio assinado entre a Vale e Governo do Estado em 2019. Além dos drones, foram cedidas caminhonetes para atuação da polícia. Em continuidade às ações para fortalecer segurança, o Governo do Estado do Pará e a Vale assinaram, no final de 2020, novo acordo de cooperação técnica e financeira, no total de R$ 23 milhões.

Será fornecido apoio à infraestrutura e equipamentos para fortalecer o policiamento ostensivo, a prevenção e repressão à prática de crimes, além de contribuir com a polícia judiciária, nos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis, Marabá, Parauapebas e Ourilândia do Norte. Também serão entregues EPIs para atuação ainda mais efetiva do Corpo de Bombeiros no combate à incêndios, como macacão, capacete, bota e luva antichama.


Também em parceria com o Governo, a empresa construirá seis usinas do Programa TerPaz, espaços que irão conter uma central de serviços de cidadania e saúde e um conjunto de equipamentos para atividades livres, culturais e esportivas nas comunidades. Serão construídas usinas na região metropolitana de Belém, Canaã dos Carajás e Parauapebas. As obras seguem conforme cronograma estabelecido entre o Governo do Estado e a Vale.

(Fonte: Vale, com edição da Redação Fato Regional)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: