“Posso não concorrer a nada”, diz Sergio Moro em entrevista

Durante a entrevista, Sergio Moro também disse ter percebido, no exterior, que há uma “preocupação grande com o Brasil.
Ex-juiz Sergio Moro confirma candidatura à Presidência em evento de filiação em Brasília. Foto: Divulgação.

O ex-ministro da Justiça e agora ex-presidenciável Sergio Moro declarou, em entrevista à CNN nesta quarta-feira (20), que pode “não concorrer a nada” nas Eleições 2022 — decisão que se encontraria com seu desejo de atuar em prol da construção do “centro democrático”, afirmou.

“Me coloquei numa situação de desprendimento para a união nacional, para vencer extremos. Não está descartada nenhuma situação, posso inclusive não concorrer a nada. Não vivo da política, estava fora do Brasil e voltei para ajudar na construção de algo que possa vencer extremos políticos”, disse o ex-juiz.


Moro ainda explicou que a retirada de seu nome da pré-candidatura à Presidência da República, causada após saída do Podemos para o União Brasil e a definição de Luciano Bivar como nome do partido para disputar o Planalto, se deu após avaliação de que “somente com capital político” a eleição não estaria resolvida.

 

 

 

 

 

 

Fonte: CNN Brasil

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar