sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Postos de combustível são desativados na Apyterewa durante operação

Agentes da ANP constataram irregularidades e fecharam os dois postos, além de terem desmobilizado a montagem de um barracão
Além do combustível foram encontrados botijões de gás e outros produtos em situação irregular (Foto: Bianca Levy / Ministério dos Povos Indígenas)

Dois postos de combustível foram desativados na vila Renascer, na área da Apyterewa, em São Félix do Xingu, no sul do Pará. Agentes federais que conduzem a operação de desintrusão na região encontraram irregularidades no Posto do Divino e no Posto Lauanda e fecharam os estabelecimento. A ação contou com servidores da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ainda durante o dia foram identificados 15 pontos com rebanho bovino, além da abordagem de 10 veículos transportando 199 animais dentro da terra indígena. Os agentes identificaram também uma tentativa da população de construir um galpão improvisado e realizar uma manifestação. Porém, a população foi dispersada sem a necessidade de atuação em controle de multidões.

Os postos foram fechados após irregularidades serem constatadas pela ANP (Foto: Bianca Levy / Ministério dos Povos Indígenas)

 

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (3), num boletim parcial da operação de desintrusão da Apyterewa. É o segundo dia da ação que afeta cerca de 2 mil famílias. O Ministério dos Povos Indígenas deve publicar boletins periódicos até o final da ação.

Trabalham na operação a Força Nacional, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal além de agentes da Abin, ANP, Ibama, SECOM, Secretaria-Geral, INCRA, MPI, Censipam, Funai e Ministério do Trabalho e Emprego. Oficiais e técnicos estão distribuídos nas duas bases da Funai.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!