Secretaria do Pará abre vagas com salário de até R$ 3.696,38

Entre os municípios com vagas Marabá, no sudeste do estado
Os aprovados serão lotados na capital, Belém, ou nos municípios de Conceição do Araguaia, Bragança e Marabá. | Reprodução/ Agência Pará

Para quem busca uma oportunidade, a Secretaria de Estado de Planejamento e Administração do Pará (Seplad), divulgou nesta quinta-feira (02), a abertura do seu mais novo processo seletivo, que visa a contratação imediata de profissionais de nível médio e superior para ocupar cargos vagos disponíveis em quatro municípios do Estado.

De acordo com o edital  nº 001/2022, serão ofertadas nove vagas imediatas e mais formação de cadastro reserva. Para jornadas de trabalho de 30 horas semanais, os vencimentos variam de R$ 1.215,50 a R$ 3.696,38.

Os aprovados serão lotados na capital, Belém, ou nos municípios de Conceição do Araguaia, Bragança e Marabá.

INSCRIÇÕES:

Os interessados em concorrer a uma das vagas, devem realizar um cadastro no site do Sistema Integrado de Processo Seletivo Simplificado (Sipros), entre os dias 2 a 6 de junho de 2022. Não haverá cobrança de taxa de participação. No ato da inscrição, o candidato deverá digitalizar, para envio em formato PDF, toda a documentação exigida no edital.

CARGOS:

Ensino médio

Assistente de Gestão: 1 vaga para Conceição do Araguaia.

Ensino superior

Analista de Saúde Ocupacional – Perícia Médica: 4 vagas para Belém, Bragança e Marabá;

Analista de Saúde Ocupacional – Perícia Médica – Psiquiatria: 2 vagas para Belém;

Analista de Saúde Ocupacional – Psicologia: 2 vagas para Belém.

Todas as profissões regulamentadas requerem registro profissional ativo.

ETAPAS:

Os inscritos serão avaliados por meio da análise documental e curricular. Já a outra etapa está prevista somente para candidatos à função de nível com lotação em Belém, e por fim, a entrevista com convocados.


Outras informações sobre o seletivo Seplad podem ser acessadas nos editais ou podem ser solicitadas pelo e-mail: contatosipros@sead.pa.gov.br.

 

 

 

 

 

 

Com informações da Agência Brasil

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar