Semas apresenta ‘Territórios Sustentáveis’ e Software Agrotag em Marabá

O evento serviu para nivelar conhecimentos sobre ferramentas entre os municípios da região do Território Sustentável Tocantins
O evento reuniu representantes das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Agricultura de municípios da Região do Tocantins. Foto: Divulgação.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) apresentou a Política de Atuação Integrada de Territórios Sustentáveis e o Software Agrotag, em evento realizado no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Marabá, na região Sudeste. O objetivo principal foi nivelar conhecimentos a respeito das ferramentas entre os municípios pertencentes à região do Território Sustentável (TS) Tocantins, possibilitando a descentralização das atividades e mais autonomia para as gestões municipais.

Participaram do evento nesta terça e quarta-feira (08 e 09) representantes das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Agricultura de municípios da Região do Tocantins, além de membros da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), além do secretário Regional de Governo do Sudeste, João Chamon.

A política dos Territórios Sustentáveis integra o Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA) e tem o objetivo de viabilizar o desenvolvimento socioeconômico no Estado. A política foi instituída pelo Decreto Estadual nº 344, de 10 de outubro de 2019, para contribuir, em âmbito estadual, com os compromissos globais de desenvolvimento sustentável – Contribuição Nacionalmente Determinadas (NDC, sigla em inglês) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Secretário adjunto Raul Protázio. Foto: Divulgação

Segundo o titular da Secretaria Adjunta de Gestão de Recursos Hídricos e Clima, Raul Protázio, o encontro favoreceu a ampliação do conhecimento e deu mais autonomia aos municípios. “O evento foi excelente! Serviu para alinhar com as Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente dos oito municípios que compõem a região do TS Tocantins os procedimentos, funcionamento e metodologia do programa”, afirmou o secretário, acrescentando ainda que, “além disso, foi uma oportunidade onde várias dúvidas foram tiradas e houve ainda a capacitação sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR) para que os municípios já possam começar a fazer a inscrição”.

Gerenciamento – A plataforma Agrotag possibilita o gerenciamento das propriedades, onde é possível trabalhar com o produtor desde o dia em que começa a ser atendido pela política, e durante toda a sua trajetória. Na ferramenta estão informações de produção e renda, por exemplo, que proporcionam uma atuação muito mais eficiente e personalizada, além de oferecer segurança de dados e a união da rede de parceiros que o TS agrega. A ferramenta é resultado de uma parceria bem sucedida com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).


O “Territórios Sustentáveis” é um programa integrado, que tem coordenação da Semas. Fazem parte do grupo de execução do projeto o Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PA).

 

 

 

 

Fonte: Agência Pará

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar