Sespa confirma mais 41 mortes no Pará por covid-19. No Brasil, mais 983 vítimas da pandemia foram confirmadas

Taxa de ocupação de leitos ficou um pouco acima de 71% e dados tendem a ser mais baixos após finais de semana e feriados
(Foto: Marcelo Seabra / Agência Seabra)

O Pará chegou a 13.204 mortos e 475.744 casos positivos de covid-19. O número estadual foi atualizado, na noite desta segunda-feira (3), pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). As informações oficiais são publicadas no site oficial de monitoramento da Sespa. A taxa de ocupação de leitos de UTI adulta ficou em pouco mais de 71%.

O total de óbitos registrados neste último boletim epidemiológico estadual foi de 41, sendo 18 casos recentes e 23 subnotificados. A taxa de letalidade é de 2,78%, um pouco abaixo da média nacional. Segundo o Vacinômetro da Sespa, 1.065.194 pessoas receberam a primeira dose de vacina e 538.453 fizeram a segunda dose.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 983 mortes por covid-19. É o que mostra o painel do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), nesta segunda-feira (3). E ainda, 24.619 casos em 24 horas. Com isso, o país tem um total de 14.779.529 casos positivos da doença letal do coronavírus SARS-CoV-2. O total de mortos pela pandemia é de 408.622.

Do total de casos de covid-19, 444.184 se recuperaram, mas isso não deve representar tranquilidade ou minimizar o potencial destrutivo da covid-19. Os recuperados podem ficar com sequelas que podem durar semanas, meses ou até serem irreversíveis. Há 322 análises pendentes de casos suspeitos. Por dia, são processadas de 50 a 200 análises.

A Sespa reforça que as prefeituras devem passar os números mais atualizados ao sistema da Secretaria, que é o órgão que vai nortear as decisões sobre a pandemia no Pará e necessita de dados atualizados. Há vários dados que não batem entre boletins municipais e o boletim estadual.

Ainda neste boletim, foram confirmados 1.726 casos, sendo 195 casos nos últimos sete dias e 1.531 em períodos anteriores, mas subnotificados por prefeituras. A média diária de novos casos, durante a semana, tem sido de, aproximadamente, 250 casos.

Nos últimos sete dias, foram registrados 34 casos da doença na região Araguaia e 3 na região de Carajás. Em relação às subnotificações, foram 205 casos na Araguaia e 161 na Carajás. Na região Araguaia, não houve registro óbitos. Na região Carajás, foram 3 mortes recentes e 2 mortes subnotificadas.

Todos os dados por cidade, gênero e idade podem ser conferidos no site oficial de monitoramento da doença, alimentado pela Sespa.


(Victor Furtado, da Redação Fato Regional)

Siga o Fato Regional nas redes sociais!

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: