Sobe para nove o número de mortos em Brumadinho

Após um levantamento realizado nesta madrugada, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou que já são nove mortos, após o rompimento de uma barragem da Vale, em Brumadinho. Estima-se que mais de 300 pessoas estejam desaparecidas.

Possivelmente, ainda há pessoas vivas na lama, que podem ser resgatadas. O presidente Jair Bolsonaro embarcou num voo, na manhã deste sábado (26), para acompanhar os trabalhos de busca, que já foram retomados. A prefeitura do município declarou luto de três dias.


RESUMO

  • Uma barragem da mineradora Vale se rompeu ontem, em Brumadinho, Região Metropolitana de BH.
  • A Vale informou que o rompimento ocorreu no início da tarde, na Mina Córrego do Feijão; uma barragem rompeu e fez outra transbordar.
  • Um mar de lama destruiu casas da região. Rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco.
  • Há 9 mortos e de 300 a 350 desaparecidos. Nove pessoas foram resgatadas com vida da lama e mais de 100 que estavam ilhadas também.
  • Governo federal montou gabinete de crise; Bolsonaro irá sobrevoar o local hoje.

 

Da Redação Fato Regional, com informações do G1

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar