STF decide nesta sexta sobre sigilo de vídeo

Ex-ministro Sergio Moro apresentou vídeo da reunião ministerial de 22 de abril como prova de que Bolsonaro tentou interferir na autonomia da PF
Jair Bolsonaro (Marcello Casal / Agência Brasi

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello decide nesta sexta-feira (22), até as 17h, sobre o sigilo do vídeo gravado na reunião ministerial do dia 22 de abril, apontado pelo ex-ministro Sergio Moro como prova de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na autonomia da Polícia Federal.


Conforme escreveu o comentarista política Gerson Camarotti em sua coluna no G1, apesar do discurso oficial de tranquilidade, auxiliares de Jair Bolsonaro temem o impacto político da divulgação do vídeo. “A maior preocupação no Palácio do Planalto é que o tom forte adotado por Bolsonaro na reunião cause forte estrago na opinião pública, reforçando a ampliação das investigações sobre as denúncias de Moro”, escreveu. O presidente pede a divulgação parcial do vídeo, enquanto Sergio Moro pede a íntegra.

 

 

Com informações do G1

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: