Torneio de pesca esportiva de Ourilândia e Tucumã atrai centenas de pescadores

Competição tem como objetivo tem o objetivo a integração entre os pescadores e suas famílias por meio do lazer. (Foto/Divulgação Evento)

No último domingo, dia 9, foi realizado o 2º Torneio de Pesca esportiva de Ourilândia e Tucumã. O evento contou com centenas de pescadores de diversas regiões, entre elas Redenção, Canaã, São Félix do Xingu, além das cidades sedes Ourilândia e Tucumã.

Foi um momento marcante onde todos puderam fazer muita captura de peixes de grande porte. A organização do evento, juntamente com apoiadores, teve um final de semana bastante divertido. A aventura foi no Sitio Rancho Fundo, localizado na Vicinal Madalena, a cerca de 40km de Ourilândia do Norte, pela estrada do Site da Mineração Onça Puma da Vale.

Agnaldo dos Anjos, um dos pescadores de Redenção, foi muito bacana participar do evento. “Para pescador não existe distância e nem preço que pague essa aventura. Ano que vem estaremos de volta e vamos convidar mais amigos de outras regiões”, reforça.

O 2º Torneio de Pesca esportiva tem o objetivo de integração, esportividade e lazer entre os pescadores e suas famílias, buscando incentivar nas crianças, jovens e adultos a prática da pesca esportiva na região, por meio de premiação dos que tiverem os melhores desempenhos.

Além disso, tem o intuito de promover o uso correto de técnicas e equipamentos, intercâmbio de informações pesqueiras entre os participantes, proporcionar aos participantes um diferencial do stress urbano, além de fomentar a visitação e divulgar dos locais de turismo e pesca da região como um ponto de referência e encontro junto à natureza.

A edição 2018 premiou os competidores com R$ 6.000,00 em 1º, 2º e 3º lugares. (Foto/Divulgação/ Evento)

Ao longo da disputa, os participantes “lutam” pela captura dos maiores peixes ou pela quantidade, porque o que importa ao final é o peso somado por cada bateria que traz o resultado final da disputa de quem atinge a maior soma de peso. Ao capturar os peixes, os pescadores são obrigados a retirar da água para serem pesados e medidos e, em seguida, serem devolvidos ao lago.

Roner Sifluentes, proprietário do Racho Fundo, agradeceu a todos os patrocinadores. “Ficamos felizes por essa edição que ultrapassou nossas expectativas pela qualidade na estrutura do evento, pela participação do público e pelo novo recorde atingido. Isso é fruto de um trabalho intenso de uma grande equipe de profissionais de diversos ramos de atividade que se empenharam por vários meses para concretizar o evento. Próximo ano vamos fazer em um local maior e aumentar as baias dos competidores”, adiantou.

Ranking 2018 por peso de peixes:

1º – Dupla: Wander da Silva e Hilton Nunes com 88.700 kg (Tucumã)

2º – Dupla: Dario Inácio e Adailton Rodrigues com 60.00 kg de Ourilândia do Norte que também faturou o (Premio de maior peixe capturado.)

3º – Dupla: Francisco Cardoso e Marcelo Oliveira com 32.890.kg (Tucumã)

Premiações

A edição 2018 premiou os competidores com R$ 6.000,00, que foi dividido entre as três duplas vencedoras, sendo R$ 3.000 para o primeiro lugar, patrocinado pela Prefeitura de Tucumã; o segundo lugar R$ 2.000, patrocinado pela empresa Agromaq, e o terceiro lugar R$ 1.000, patrocinado pela Fazenda Marlboro Senepol.


Veja mais registros do Torneio de Pesca Esportiva 2018 (Fotos/Divulgação/Evento):

 

(Redação Fato Regional e Ascom/Evento)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar